10 brasileiros desconhecidos que estão nas principais ligas europeias e você não sabia


Nem todos os jogadores brasileiros em grandes ligas são famosos

Todos os fãs de futebol estão acostumados a acompanharem os jogadores brasileiros mais famosos e pomposos, mas existem vários atletas desconhecidos nas grandes ligas europeias, alguns inclusive com muito destaque.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Veja abaixo 10 jogadores brasileiros que estão nas cinco principais ligas da Europa e você não sabia:

Dalbert – Inter de Milão – 27 anos
Revelado pelo modesto Barra Mansa, do Rio de Janeiro, em 2012, o lateral-esquerdo passou pela base do Fluminense antes de tentar a carreira em Portugal, onde atuou pelo Academico de Viseu e o Vitória de Guimarães. Destaque por lá, foi contratado pelo Nice, da França, em 2016. Jogou duas temporadas como titular e foi para a Inter de Milão em 2018. No ano passado foi emprestado à Fiorentina, mas está de volta ao elenco da equipe nerazzurri.

Rogério – Sassuolo – 22 anos
Revelado na base do Internacional em 2015, sequer entrou em campo pelo clube e saiu do Brasil para defender o próprio Sassuolo. Após pouco tempo no clube, chamou a atenção da Juventus, que o contratou, mas não lhe deu oportunidades e voltou a emprestá-lo ao Sassuolo. O lateral já fez 66 jogos com dois gols marcados nas últimas três temporadas.

Igor – Fiorentina – 22 anos
Revelado pelo projeto Red Bull Brasil, foi direto para o Red Bull Salzburg em 2016 e rodou pelo futebol austríaco, onde atuou ainda por Liefering, Wolfberger e Austria Viena. Foi contratado pela SPAL em 2018 e repassado à Fiorentina no ano seguinte.

João Victor – Wolfsburg – 23 anos
O ponta fez base no time de formação Primeira Camisa, passou pelo Palmeiras e pelo São José-SP, onde se profissionalizou em 2015. A partir daí foi para o futebol austríaco, onde defendeu o Kapfenberger e o LASK. Se destacou e foi contratado pelo Wolfsburg em 2019.

Paulo Otávio – Wolfsburg – 25 anos
O jogador foi revelado pelo PSTC em 2011 e repassado ao Athletico Paranaense em 2012, quando estreou como profissional. Rodou ainda por Coritiba, Santo André, Paysandu e Tombense, de onde saiu do Brasil em 2016 para defender o LASK, da Áustria. Após bom ano foi contratado pelo Ingolstadt, da Alemanha, onde ficou por dois anos antes de fechar com o Wolfsburg em 2019.

Aílton – Stuttgart – 25 anos
Revelado pelo Fluminense, estreou como profissional em 2013 e foi emprestado Jacobina-BA antes de deixar o Brasil. Passou pelo Estoril Praia, de Portugal, e foi comprado pelo Stuttgart, da Alemanha, em 2017. Iniciou uma saga de empréstimos e rodou por Braga e Qarabag, do Azerbaijão, mas deve voltar a ser utilizado pelo clube alemão na próxima temporada.

Fernando Marçal – Wolverhampton – 31 anos
Quem se atentou à fase final da Liga dos Campeões no último mês reparou que um jogador do Lyon era completamente desconhecido pelos brasileiros. Lateral-esquerdo de origem, Marçal atuou toda a temporada como zagueiro no Lyon, mas deixou o clube na atual janela para defender o Wolverhampton.

Revelado pelo Grêmio, o jogador passou por Americana e Guaratinguetá antes de ir para Portugal, onde defendeu Torreense, Nacional e Benfica. Passou pelo Gaziantepspor, da Turquia, e pelo Guingamp, da França, antes de chegar ao Lyon.

Bernardo – Brighton – 25 anos
O lateral foi revelado pelo Audax-SP e passou por Red Bull Brasil e Ponte Preta antes de seguir no projeto Red Bull e fechar com o Red Bull Salzburg. Destaque na Áustria, foi repassado ao RB Leipzig, filial alemã da marca, e foi bem, até que em 2018 fechou com o Brighton, da Premier League.

Hilton – Montpellier – 42 anos
Ídolo incontestável na França, Hilton acabou sendo esquecido no Brasil pelo tempo impressionante em que está no alto nível europeu. O zagueiro foi revelado pelo Paraná em 1999 e deixou o clube em 2001 para defender o Servette, da Suíça. Se destacou e em 2003 foi para a França, onde defendeu o Bastia, começando a partir daí uma saga.

Rodou por Lens e Olympique de Marselha até chegar ao clube no qual é ídolo histórico: o Montpellier. Contratado em 2011, foi campeão francês pelo clube e é titular absoluto, tanto é que renovou por mais uma temporada mesmo com a idade avançada.

Camilo – Lyon – 21 anos
Revelado pela Ponte Preta, estrou nos profissionais em 2019 e foi destaque já em seu primeiro ano. Começou 2020 como titular, mas logo foi contratado pelo Lyon, que deve utilizá-lo ainda mais na temporada 2020/21.

Leia mais:
FIFA envia carta e proíbe CBF de divulgar áudios do VAR

10 brasileiros desconhecidos que estão nas principais ligas europeias e você não sabia – Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.

Fonte: torcedores.com
Author: Matheus Camargo

Powered by WPeMatico