Abrindo a terceira fase, Ceilândia e Luziânia empatam no Abadião


Por Lucas Espíndola

Tudo igual na primeira partida da terceira fase do Campeonato Candango. Ceilândia e Luziânia se enfrentaram no estádio Abadião, e com momentos distintos durante os 90 minutos de jogo, o confronto entre as duas equipes terminou em um a um. Com esse resultado, cada um dos times somam o primeiro ponto no quadrangular semifinal do Candangão, ficando empatados também na tabela. As colocações de cada clube ainda serão definidas no domingo (25/04), quando ocorre o clássico entre Gama e Brasiliense.

O time visitante foi quem teve a primeira chance na partida, com menos de cinco minutos de jogo. Depois o Ceilândia tomou as rédeas e teve ao menos três oportunidades seguidas para abrir o placar, mas pecou bastante na finalização. Já que o Gato Preto não fez, a Igrejinha marcou perto do fim da primeira etapa, com Romário.  O Ceilândia só foi acordar no meio da segunda etapa e começou a pressionar o adversário. A pressão deu certo e aos 37 saiu o gol de empate, com Igor Pato.

Luziânia precisa de dois ataques para abrir o placar

Mesmo jogando fora de casa, a primeira finalização da partida foi da equipe do Luziânia. Sob um sol escaldante no estádio Abadião, a Igrejinha desceu pelo lado esquerdo do campo de ataque e arriscou de fora da área, Diego pulou e encaixou a bola com tranquilidade. O Ceilândia respondeu antes do relógio marcar 10 minutos de jogo. O lateral Andrézinho chutou de longe, a redonda passou com perigo próximo a meta de Matheus Lorenzo. No lance seguinte, Willian cruzou e Matheus Silva cabeceou por cima do gol, outra boa chance para o time da casa.

Após as duas primeiras chegadas ao ataque, o Gato Preto passou a ficar um pouco mais com a bola. Aos 12′, Mateus Bochecha arriscou da intermediária, a pelota passou ao lado da trave esquerda e saiu pela linha de fundo. A partida estava equilibrada e concentrada no meio de campo e nas intermediárias das duas equipes. Os dois times chegaram a ficar empatados em posse de bola, 50% para cada lado, com picos de 52% para o Ceilândia. Após a parada para hidratação, os esquadrões ficaram um tempo sem levar perigo ao adversário.

Foto: Jéssika Lineker/Distrito do Esporte

Aos 35′, o Luziânia abriu o placar. Após ficar um bom tempo sem chegar com perigo à meta adversária, a Igrejinha conseguiu sair na frente. Titico fez bela jogada pelo lado direito e cruzou, Romário chegou cabeceando a bola rente ao gramado e dentro da pequena área, a pelota morreu no fundo das redes, um a zero. O Ceilândia tentou responder no lance seguinte, mas o cabeceio do jogador do Gato Preto acabou saindo pela linha de fundo. Sem dar acréscimos, o árbitro Luiz Aniceto encerrou o primeiro tempo aos 45 minutos.

Ceilândia pressiona e chega ao empate

Assim como nos primeiros 45 minutos de partida, a primeira chance perigosa foi da equipe visitante. Depois de um cruzamento vindo do lado esquerdo, Romário cabeceou para o gol, Diego espalmou para a linha de fundo, evitando o segundo do Luziânia e do camisa número nove. Aos 14′, Titico recebeu belo lançamento, na finalização bateu em cima do goleiro alvinegro,que saiu rapidamente do gol para efetuar a defesa.

Dois minutos mais tarde, Diego operou um milagre. O atacante Titico finalizou colocado de fora da área, a bola estava indo no ângulo esquerdo da meta ceilandense, mas o goleiro alvinegro voou e espalmou com a mão esquerda para fora. Aos 19′, após cruzamento para área, Perivaldo subiu muito alto e cabeceou para o gol, o arqueiro do Gato Preto encaixou a redonda com tranquilidade. Aos 28′, o atacante Titico cobrou falta para o Luziânia, Diego praticou a defesa em dois tempos.

Foto: Jéssika Lineker/Distrito do Esporte

Aos 31′, quase veio o empate. Depois de um cruzamento para dentro da área, Mirandinha bateu em direção ao gol adversário, mas a bola acabou explodindo na marcação e saindo pela linha de fundo. Aos 33′, mais uma vez o Gato Preto assustou. Gabriel subiu alto e cabeceou para a meta do Luziânia, Matheus Lorenzo fez bela ponte e tirou de mão direta, a redonda ainda explodiu no travessão e, na sobra, Mirandinha pegou de primeira e a pelota explodiu na trave esquerda da Igrejinha.

Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. Foi assim que o Ceilândia chegou ao gol de empate aos 37 minutos do segundo tempo. Após receber um passe dentro da área, Igor Pato ajeitou o corpo e soltou o canudo para a meta de Matheus Lorenzo, um golaço no estádio Abadião, um a um. As duas equipes ainda tiveram a chance de saírem vitoriosas, porém nenhuma das oportunidades resultaram no tento vencedor.

O que vem por aí?

A segunda rodada do quadrangular semifinal será realizada no meio de semana, na próxima quarta-feira (28/04). O Ceilândia jogará fora de casa diante do Brasiliense. O confronto será no estádio Serejão às 15:30. No mesmo horário, o Luziânia recebe o Gama no Serra do Lago, no entorno do Distrito Federal.

Ceilândia 1
Escalação: Diego; Andrézinho (Dennis), Lucas Frank, Liel e Mateus Bochecha; Werick, Klécio (Felipe Goiano) e Dogão (Mirandinha); Wisman (Igor Pato ), Willian e Matheus Silva (Gabriel).
Técnico: Adelson de Almeida

Luziânia 1
Escalação: Matheus; João Pedro, Gustavo, Perivaldo e Goduxo; Dadinho, Robinho e Jhonatan (Matheus); Klebinho (Ferrugem), Titico e Romário (Alexandre).
Técnico: Ricardo Antônio

O post Abrindo a terceira fase, Ceilândia e Luziânia empatam no Abadião apareceu primeiro em Distrito do Esporte.

Fonte: distritodoesporte.com
Author: Lucas Espíndola

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

Idiomas: