Alunos do COP Gama se destacam em Campeonato Sul-Americano Virtual de Saltos Ornamentais


O Brasil ficou em primeiro lugar no quadro geral de medalhas do Campeonato Sul-Americano Virtual de Saltos Ornamentais, que aconteceu de 9 a 12 de setembro remotamente. Cada competidor na sua casa executava os movimentados em solo seco. Do Centro Olímpico e Paralímpico do Gama, os atletas Emanuelle Alves, Isaac Júnior e Emmanuelly Fonseca fizeram bonito na competição levando, respectivamente, as medalhas de prata, bronze e sétima colocação.

 

“Nossos alunos do COP Gama, assim como os demais esportistas brasilienses e dos outros estados estão de parabéns pela nossa colocação no torneio, que ocorreu nesse formato bem diferente. Dentro das atuais condições, o importante é continuar priorizando as práticas esportivas que geram saúde e satisfação ao corpo e a mente. Tenho certeza que esses jovens terão um longo caminho pela frente de sucesso, com muito esforço, disciplina e pódios”, avalia a secretária de Esporte e Lazer, Celina Leão.

 

A seleção dos 20 competidores nacionais, feita em parceria pela Confederação Brasileira de Saltos Ornamentais e a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, levou como base os treinos on-line realizados desde o início da pandemia. “A clínica e os treinos abertos on-line foram fundamentais, além do acompanhamento periódico que a gente vem fazendo com os atletas, para a formação dessa seleção”, diz Ricardo Moreira, presidente da Saltos Brasil, entidade responsável por essa seleção.

 

Dentro do universo dos saltos ornamentais há cinco anos, Emanuelle Alves enfrentou dificuldades para manter a assiduidade na modalidade devido à internet. “Meu professor fala sempre sobre essa questão da superação. Nunca tinha participado de um Sul-Americano, mesmo que não tenha sido na piscina, foi muito bom”, avalia a jovem, que elogia a estrutura atual do COP Gama para a modalidade que, até meses atrás, não possuía equipamentos como espelho, cama elástica.

 

Outros brasilienses que subiram ao pódio foram Rebeca Nascimento, Diogo Adriano, Rafael Fogaça, levando a medalha de ouro em suas categorias. E Rafael Max, que ficou a medalha de prata. Diogo e Rafael, atualmente, fazem parte do time da Saltos Brasil, mas iniciaram a jornada esportiva na unidade do Gama.

 

POR BIANCA MOURA, DA ASSESSORIA DE IMPRENSA DA SECRETARIA DE ESPORTE E LAZER

Fonte: agenciabrasilia / esporte.df.gov.br
Author: Bianca Moura Santos

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

Idiomas: