Antes de aceitar proposta árabe, Santos recusou investida quase duas vezes maior do Atlético-MG


Na época da investida do Atlético-MG, o então presidente do Santos, José Carlos Peres, atualmente afastado do cargo, afirmou que o atacante era “inegociável”

O Santos aceitou a proposta de 7 milhões de dólares (cerca de R$ 39,3 milhões, na cotação atual) do Al Hilal, da Arábia Saudita, pelo atacante Yeferson Soteldo, e apesar de ainda aguardar o acerto do jogador com o clube árabe, o técnico Cuca confirmou que a partida contra o Coritiba, neste sábado (17), foi a última do venezuelano com a camisa do Peixe.

“Não é que eu vejo como a chance de ser o último jogo. É o último jogo dele. Fizemos a preleção em cima disso. Um jogador muito importante para nós e vai seguir a vida dele. Para uma melhora em termos financeiros, temos que saber entender”, disse Cuca, para a TNT, antes da bola começar a rolar no Couto Pereira.

O mais curioso da provável venda de Soteldo, porém, é que o Santos recusou uma proposta bem superior do Atlético-MG pelo jogador no início do ano. Na época, a pedido do então técnico Rafael Dudamel, que comandou o camisa 10 na seleção venezuelana, o time mineiro chegou a oferecer 12 milhões de dólares (cerca de R$ 51,4 milhões na conversão da época) para ter o jogador – ou seja, quase o dobro do valor da proposta do Al Hilal.

Em entrevista ao Globoesporte.com, o então presidente do Santos, José Carlos Peres – que está afastado do cargo -, afirmou que o atacante era inegociável. “Ele é o xodó da torcida, das crianças. Ele está se tornando um símbolo da molecada. Não dá para tirá-lo do nosso elenco. São nossos novos torcedores”, disse na ocasião.

Diante dos rumores, o Santos chegou a renovar o contrato de Soteldo até dezembro de 2023.

SANTOS AGUARDA ‘SIM’ DO ATACANTE:

Com a proposta do Al Hilal aceita, o Santos aguarda agora o acerto de Soteldo com o clube árabe. Segundo o Globoesporte.com, inicialmente o jogador gostaria de permanecer no futebol brasileiro até o fim do ano para depois tentar realizar o sonho de jogar no futebol europeu. Um aumento da proposta salarial feita pelos árabes, porém, pode convencê-lo a deixar a Vila Belmiro agora.

LEIA MAIS:
Robinho vê histórias “fora de contexto” e culpa imprensa: “Colocou coisas deturpadas a meu respeito”
Santos perde patrocinador por acerto com Robinho e defende atacante: “Infelizmente vivemos na era dos cancelamentos”

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Antes de aceitar proposta árabe, Santos recusou investida quase duas vezes maior do Atlético-MG – Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.

Fonte: torcedores.com
Author: Danielle Barbosa

Powered by WPeMatico