Araos e Léo Natel comandam 1ª vitória do Corinthians no Brasileirão


Com mudanças na escalação, Corinthians venceu o Coritiba em casa pelo placar de 3 a 1

Em seu terceiro jogo no Campeonato Brasileiro (o primeiro em casa), o Corinthians conseguiu os três pontos contra o lanterna Coritiba em uma partida com dois tempos bem distintos. A vitória foi comandada por Araos (que foi titular no lugar de Luan) e Léo Natel (no lugar de Mateus Vital, lesionado).  Com o resultado o Timão chega aos 4 pontos enquanto o Coxa segue na lanterna, com 4 derrotas seguidas.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Análise do jogo

Os dois times fizeram um primeiro tempo equilibrado, com o Coritiba um pouco melhor até a expulsão correta de Yan. Mas mesmo com um jogador a mais o Corinthians não conseguiu dominar o jogo. Jô perdeu a chance de abrir o placar em cobrança de pênalti, mas Léo Natel acabou marcando seu primeiro gol com a camisa alvinegra.

Do outro lado o Coxa dava trabalho, mesmo com um a menos e conseguiu empatar a partida com Sassá ainda na primeira etapa, em rápido contra-ataque.

No segundo tempo as alterações de Tiago Nunes deram resultado e o time começou a criar chances de perigos em jogadas pelas duas pontas. O time ampliou o placar com Jô e Gustavo Mosquito e criou várias chances para conseguir um resultado ainda maior, mas esbarrou nas boas atuações de Wilson e do zagueiro Rhodolfo, que evitaram gols certos.

Já o Coritiba acabou sentindo o fato de jogar praticamente uma partida inteira com um a menos e sentiu o desgaste físico, oferecendo pouco perigo a Cássio, que praticamente só assistiu ao segundo tempo.

No final a vitória acabou sendo merecida pelo volume de jogo no segundo tempo do Timão.

Principais lances da partida

Primeiro tempo marcado pela arbitragem

Nos primeiros 15 minutos de jogo a partida estava equilibrada, mas o meia do Coritiba complicou seu time. Em lance no meio de campo, Yan e Araos trocaram empurrões, mas o jogador do Coxa acertou uma cotovelada no rosto do chileno, levando o cartão vermelho direto no lance.

Aos 24 um lance discutível na área com Léo Natel e o árbitro marcou falta a favor do Corinthians. Jô bateu e o goleiro Wilson defendeu, mas o VAR mandou voltar a cobrança. Novamente Jô e novamente defesa de Wilson.

Primeiro gol de Léo Natel pelo clube

Aos 37 minutos o atacante, novidade na escalação do Corinthians, ajeitou de fora da área e finalizou forte. A bola desviou em jogador do Coritiba e enganou Wilson, abrindo o placar, fazendo seu primeiro gol como jogador de futebol profissional.

Sassá aproveita vacilo da defesa

Mesmo com um a menos o Coritiba seguia buscando o ataque e aos 42 minutos foi premiado merecidamente com o gol de empate. Livre na área, Sassá chutou cruzado e empatou a partida.

Jô se redime do pênalti perdido

Logo aos 3 minutos do segundo tempo o Corinthians teve uma boa troca de passes e o cruzamento de Sidcley encontrou Jô, que cabeceou para o gol. A bola quicou no chão e enganou Wilson, que não conseguiu fazer a defesa.

Sidcley quase amplia

No minuto seguinte (4 do segundo tempo) Araos fez um ótimo cruzamento. Sidcley cabeceou para o chão, mas Rhodolfo tirou a bola em cima da linha.

Rhodolfo salva Wilson

Aos 11 minutos o goleiro do Coritiba quase se complica. Fagner cruzou e Wilson errou a defesa, soltando a bola que ia para o gol, mas o zagueiro salva de carrinho, evitando mais um gol do Corinthians.

Wilson evita gols do Corinthians

Aos 14 minutos Fagner chutou colocado e Wilson defendeu. No rebote Jô finalizou para fora.

Aos 21 minutos outra grande chance para os donos da casa. De fora da área, sua especialidade, Éderson chutou forte e Wilson praticou grande defesa. Na sequência do lance a bola sobrou para Araos, que encontrou Jô. O atacante chutou de primeira e obrigou o goleiro do Coxa a praticar mais uma importante defesa.

E em cobrança escanteio aos 38 minutos, Jô cabeceou e o goleiro do Coritiba novamente impediu o terceiro gol do Corinthians.

Gustavo Mosquito brilha em sua reestreia

Aos 41 minutos a pressão do Timão deu resultado. Em contra-ataque Jô lançou Lucas Piton. O lateral deu lindo passe para Gustavo Mosquito (que estava no Paraná e retornou a pedido de Tiago Nunes) finalizar sem marcação, ampliando o placar.

Melhores em campo

Pelo Corinthians os destaques ficam para Araos e Léo Natel. Os dois aproveitaram a chance como titulares e podem dar uma boa dor de cabeça para Tiago Nunes. Já pelo Coritiba os destaques ficam para Wilson e Rhodolfo, que impediram gols certos do Timão.

Piores em campo

No Corinthians o destaque negativo fica para Ramiro. O volante se movimentou e achou espaços na área, mas acabou pecando na finalização, perdendo gols que poderiam ter complicado o time. Pelo Coritiba o pior acabou sendo Yan. Sua expulsão complicou todo o planejamento de Barroca para evitar a quarta derrota consecutiva do time.

Ficha Técnica

Corinthians 3 x 1 Coritiba

Competição – Campeonato Brasileiro – Série A – 4ª rodada
Corinthians – Cássio; Fagner, Gil, Avelar e Sidcley (Lucas Piton); Gabriel (Éderson), Cantillo (Camacho), Ramiro (Gustavo Mosquito), Araos e Léo Natel (Ruan Oliveira); Jô. Técnico – Tiago Nunes
Coritiba – Wilson; Patrick Vieira, Rhodolfo, Sabino e William Matheus; Matheus Bueno (Luiz Henrique), Matheus Galdezani (Matheus Sales), Robson (Wellissol), Yan e Neilton (Igor Jesus); Sassá. Técnico – Eduardo Barroca

Gols
Corinthians – Léo Natel (37′ / 1º T), Jô (3’/ 2º T) e Gustavo Mosquito (41’/ 2º T)
Coritiba – Sassá (42’/ 1º T)

LEIA MAIS:

Corinthians 3 x 1 Coritiba: assista aos gols do jogo do Brasileirão

Corinthians tem pênalti polêmico, mas Jô perde duas vezes; assista

Araos e Léo Natel comandam 1ª vitória do Corinthians no Brasileirão – Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.

Fonte: torcedores.com
Author: Flavio Souza

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

Idiomas: