Árbitro de Corinthians x Del Valle já expulsou atletas do Timão e coleciona polêmicas com VAR

A Conmebol anunciou, na noite de ontem (11), a escala de arbitragem da partida entre Corinthians e Independiente Del Valle, a primeira válida pela semifinal da Copa Sul-Americana, marcada para a próxima quarta-feira (18), em Itaquera. E o uruguaio Leodán González será o dono do apito, marcando um reencontro com o time paulista na mesma competição.

Em 2017, na Argentina, González apitou o empate em 0 a 0 entre Racing e Corinthians, que culminou na queda do Timão nas oitavas de final no torneio. Na ocasião, ele expulsou o meio-campista Rodriguinho e o atacante Jô, ambos no segundo tempo, dificultando ainda mais a vida dos brasileiros, que foram eliminados devido ao 1 a 1 na partida de ida.




Na ocasião, Rodriguinho foi expulso após permanecer em campo por apenas dois minutos. Ele levantou o pé em disputa de bola, acertou o adversário e recebeu o vermelho direto de González. Já o centroavante Jô deixou o gramado nos últimos instantes da partida após levar o segundo cartão amarelo.

Agora, Leodán González terá o seu jogo mais importante na Copa Sul-Americana. O uruguaio nunca apitou uma fase tão decisiva dentro do torneio.




¡Árbitros confirmados para las semifinales de ida de la #Sudamericana de la semana próxima! pic.twitter.com/mzX7G4gsPm

— CONMEBOL Sudamericana (@Sudamericana) September 12, 2019

González também coleciona polêmicas com o VAR. Ele estava no comando do árbitro de vídeo na vitória do Brasil por 2 a 0 sobre a Argentina, na semifinal da Copa América deste ano.

O juiz recebeu diversas críticas dos argentinos, que alegam ter sido prejudicados após a não marcação de uma falta na origem do primeiro gol da seleção brasileira, além de um possível pênalti não assinalado em Sergio Aguero. Nos dois lances, o VAR poderia ter interferido.

Na Libertadores do ano passado, foi Leodán González que, no comando do VAR, viu uma mão na bola do zagueiro Bressan, então no Grêmio, no duelo contra o River Plate, pela Libertadores. A penalidade convertida pelos argentinos rendeu a classificação para a final da Libertadores.

Fonte: sonoticias / d24am.com / jovempan
Author: Jovem Pan

Powered by WPeMatico