Brasília respira o 55º clássico verde-amarelo

A primeira fase do Candangão 2017 está chegando na nona rodada neste final de semana. O jogo de maior apelo neste campeonato enfim acontecerá no próximo domingo, a partir das 16 horas, no estádio Bezerrão, com transmissão da Esportes Brasília.

Gama e Brasiliense se enfrentam pela 55ª vez na história. O alviverde vem de vitória por 1×0 sobre o Luziânia e está a quatro pontos do líder Brasiliense. Os comandados do técnico Reinaldo Gueldini tem dois jogos à menos que o arquirrival, que manda os jogos na Ceilândia.




O Brasiliense vem de uma semana conturbada, pois o técnico Luis Carlos Souza foi demitido na terça-feira em razão de um desentendimento com o atacante Nunes. Coube a Rafael Toledo, auxiliar técnico, comandar a equipe no empate em 0x0 com o Ceilândia. O clube contratou o meia Guarú, de 36 anos, com passagens por Guarani e Botafogo/SP.

No confronto deste domingo, o técnico gamense Reinaldo Gueldini aumentará a marca de comando dos dois clubes no clássico. Já Rafael Toledo participa pela segunda vez do clássico, pois atuou como treinador do jacaré em 2015, na derrota por 2×0 para o arquirrival Gama.

O Brasiliense já está matematicamente classificado para a próxima fase da competição. O Gama pode carimbar o passaporte neste clássico de domingo, pois tem 16 pontos ganhos. O Formosa, que é o oitavo colocado, tem sete pontos e ainda disputará 12, podendo chegar aos 19 pontos ganhos.




Brasiliense e Gama se enfrentam pela 55ª vez na história. Confronto deste domingo será no Bezerrão, no Gama - Arte: blogama.net
Brasiliense e Gama se enfrentam pela 55ª vez na história. Confronto deste domingo será no Bezerrão, no Gama – Arte: blogama.net

UM POUCO DA HISTÓRIA DE GAMA X BRASILIENSE
Gama e Brasiliense já se enfrentaram por 54 oportunidades. Foram até aqui 19 vitórias do Brasiliense, 16 vitórias do Gama e aconteceram 19 empates. Foram marcados 118 gols, com o Brasiliense fazendo 65 gols e 53 marcados pelo Gama.

A ultima vez que Brasiliense e Gama se enfrentaram foi em 05 de março de 2016, no Abadião, pelo Candangão daquele ano. A vitória foi do Brasiliense, gol de Gilvan, treinado por Luis Carlos Souza. Pelo Gama, o comandante era Reinaldo Gueldini.

A última vitória do Gama foi em 15 de abril de 2015, por 2 a 0 no Serejão. O Gama era treinado por Gilson Granzotto e Rafael Toledo comandou o Brasiliense. Os gols gamenses foram de Rafael Grampola e Daniel.

Reinaldo Gueldini foi treinador que mais atuou no clássico candango. Foram 10 jogos, com quatro vezes pelo Gama e seis vezes pelo Brasiliense. Iranildo é o maior artilheiro do clássico, com 11 gols marcados.

O maior público foi em 2001, com 34.228 torcedores que assistiram à Brasiliense 1×2 Gama no Serejão. Em 2011, estiveram presentes 14.912 pagantes para Gama 1×1 Brasiliense, no Bezerrão. No Mané Garrincha, em 2014, empate em 0x0 com 14.872 pagantes.

O primeiro confronto entre Brasiliense e Gama aconteceu dia 28 de fevereiro de 2001, com vitória do Brasiliense por 3×1. O alviverde era treinado por Vanderlei Paiva e Joãozinho comandava o Jacaré.

Fonte: esportesbrasilia
Author: Sérgio Porto