Brasiliense domina o jogo e passa pelo Vila Nova na ida das semifinais da Copa Verde


Foto: Heber Gomes/especial para o Metrópoles

O Brasiliense foi até a cidade de Goiânia/GO na tarde deste domingo (14) para enfrentar o Vila Nova pela partida de ida das semifinais da Copa Verde. O jacaré comandou as ações, dominou a partida e saiu vitorioso do estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, carregando consigo uma excelente vantagem para o jogo da volta.

Aos 15 minutos de jogo, Zé Love rouba a bola na linha de defesa e toca para Jefferson Maranhão, que carrega pela direita, traz para a grande área e vê a defesa colorada abrir. De fora da grande área, o atacante solta a bomba. A bola faz uma curva e vai no ângulo superior direito do goleiro Fabrício. Um golaço, abrindo o placar para o Brasiliense.

Já no segundo tempo, aos sete minutos, Maicon Assis recebe passe pela esquerda e toca para Zotti. O meia avança, invade a grande área e bate pro gol. A bola desvia no defensor e morre no fundo da rede, ampliando o placar para o jacaré.

Dez minutos depois, Maicon Assis recebe cruzamento na grande área, domina e chuta forte. A bola vai no travessão do Vila Nova e a defesa colorada afasta. Quase o Brasiliense marcou o terceiro gol.

Depois disso, o Brasiliense apenas administrou o jogo e confirmou a vitória por 2×0. Com o resultado positivo, o time pode perder por até um gol de diferença que carimba a vaga para a decisão da Copa Verde. Caso o Vila Nova vença por dois gols de vantagem, a decisão será nas penalidades máximas.

O jogo da volta está marcado para a próxima quinta-feira (18), às 15h30, com transmissão da Esportes Brasília.

COPA VERDE – SEMIFINAL
VILA NOVA 0-2 BRASILIENSE
14.02.21 – ESTÁDIO ONÉSIO BRASILEIRO ALVARENGA – GOIÂNIA/GO

Gols: Jefferson Maranhão (16’/1T) e Zotti (07’/2T)

Cartões amarelos: Márcio Fernandes e Saimon (VNO); Badhuga (BSE)

VILA NOVA
Fabrício; Pedro Bambu (Celsinho), Rafael Donato (Danrlei), Nilson Júnior e William Formiga (Saimon); Yuri, Dudu, Alan Mineiro (Matheus Porto) e João Pedro (Éder); Maurinho e Henan
Técnico: Márcio Fernandes

BRASILIENSE
Edmar Sucuri; Diogo, Badhuga, Keynan e W. Balotelli; Aldo, Sandy (Radamés) e Zotti (Peninha); Maicon Assis (Carlos Eduardo), Zé Love (Michel Platini) e Jefferson Maranhão (Tobinha)
Técnico: Vilson Tadei

Fonte: esportesbrasilia
Author: Rener Lopes

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Idiomas: