Brasiliense não toma conhecimento da Caldense e estreia com vitória na série D


Foto: Júlio César Silva/Esportes Brasília

Não há melhor jeito de começar um campeonato do que com vitória. O Brasiliense estreou no Campeonato Brasileirão Série D 2020 recebendo o Caldense-MG e assumiu a liderança do grupo A6, com o placar de 3×1. Douglas, camisa 10 do Jacaré, foi o grande destaque do jogo com dois gols e uma assistência.

O time mineiro veio para Brasília sem seis jogadores, seu técnico e o auxiliar técnico, que testaram positivo para o novo coronavírus. O Brasiliense pode contar novamente com o meia ofensiva Peninha, mas sem Railan, Aldo e Zé Love, que estão sob cuidados médicos devido ao último jogo contra o Tocantinópolis, que deu a classificação ao Brasiliense à série D.

Aproveitando os desfalques do adversário, o Jacaré partiu para cima do time mineiro. Logo no segundo minuto de jogo, Jefferson Maranhão, não mediu a precisão, bateu de prima, mas a bola passou por cima do gol, em uma bola sobrada dentro da pequena área.

Aos 12´, um cruzamento para dentro da área fez com que três jogadores do Jacaré se atrapalhassem, a bola foi para dentro do gol depois de um acidental toque de mão, sendo anulado o gol. 

Um dos melhores jogadores do Brasiliense na partida, Romarinho, teve uma chance de gol clara aos 37´, mas a cabeçada foi para fora. Três minutos depois, em uma jogada ensaiada pela esquerda, Romário tocou para o Douglas passou por trás do camisa 10 pedindo para receber no meio. Foi atendido e, de primeira, afundou a bola do lado direito do gol. 

Como em time que está ganhando não se muda, o time candango veio sem mudanças para o segundo tempo e com a mesma garra do primeiro. Logo no minuto inicial, Jefferson infiltrou pela direita, tocou para Romarinho dentro da área que, sem pensar muito, chuta para o gol. A bola foi interceptada com a mão e o juiz marcou a penalidade máxima. Douglas chutou no canto direito e marcou o segundo do Jacaré. 

Romarinho o queria seu segundo gol. Chegou perigo pela esquerda, de fora da área, explodindo a trave direito. 

Em uma jogada que parecia estar perdida, Fabinho, que entrou no lugar de Luquinhas, não conseguiu dominar a bola, mas, atrás dele, estava Douglas que tocou no canto direito, sem chances para o goleiro e marcando seu segundo gol na partida. 

A Caldense não teve grandes oportunidades na partida, mas conseguiu fazer um gol de honra após Leonardo ser derrubado na área e o juiz marcar o pênalti para o time mineiro. Filipe cobrou e diminuiu o placar. 

O Caldense volta a campo no sábado, dia 26/09, contra o Atlético Alagoinhas (BA), em casa, às 19h30. No mesmo dia, o Brasiliense enfrenta seu arquirrival candango, o Gama, no Serejão, às 17h. A partida marca o reencontro dos times após a final do Candangão onde o alviverde se consagrou campeão. 

FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro da Série D – Primeira fase – Primeira rodada
Brasiliense 3×1 Caldense
20/09/2020 – Estádio Mané Garrincha– Brasília/DF

Árbitro central: Thiago de Alencar Gonzaga (MS)
Assistentes 1: Kleber Gomes Ribeiro (DF)
Assistente 2: Renato Gomes Tolentino (BA)
Quarto árbitro: Marcello Rudá Neves Ramos da Costa (DF)

Cartões amarelos: Lucas Nathan (Caldense).
Cartão vermelho: Não teve.

Gols: Romarinho (40′ 1ºT), Douglas (2´e 13´do 2ºT); Filipe (31´2ºT)

Brasiliense
Fernando Henrique, Sandy (D. Manteiga), Badhuga, Rodrigo, Bruno Lima, Fernandinho, Luquinhas (Fabinho), W. Balotelli, Douglas (Marcos Aurélio), Jefferson Maranhão (Renatinho), Romarinho(Peninha).
Técnico: Márcio Fernades

Caldense 
Alyson, Filipe, Guilherme Augusto, Lucas Mufalo, Lucas Moraes, Verrone, Lucas Silva, Lucas Nathan, Luis Henrique, Leonardo, Franklin.
Técnico: Vhenycius Zarpelão

Fonte: esportesbrasilia
Author: Vitor Bueno

Powered by WPeMatico