Brasiliense perde na estreia da Copa do Brasil para o Grêmio em Porto Alegre


Fotos: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

De Porto Alegre/RS – O Brasiliense lutou, se portou muito bem na Arena do Grêmio, mas saiu derrotado por 2 a 0. Edmar Sucuri acabou sendo o melhor em campo da equipe. Porém, o Jacaré não se intimidou dentro da casa do tricolor gaúcho. Agora, no jogo de volta, o Brasiliense precisa vencer por dois gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis, ou por três gols, se quiser se classificar no tempo normal.

O PRIMEIRO TEMPO

Logo com um minuto de jogo Jean Pyerre lançou Cortez pelo lado esquerdo, o camisa 12 fez o cruzamento a bola passou por todo mundo, mas chegou em Thiago Santos na segunda trave que chutou pra fora. Aos sete minutos, Jean Pyerre cobrou escanteio na primeira trave, Jhonata Robert desviou e Kannemann pegou a sobra e cabeceou fraco para defesa de Edmar Sucuri. Um minuto depois, Vanderson fez bela jogada e tocou para Jhonata Robert que chutou no ângulo de Sucuri para excepcional defesa do goleiro do Jacaré.

Na marca de dez minutos Peninha fez cobrança de falta na área e Badhuga cabeceou com perigo na direção do gol de Paulo Victor e a bola foi pra fora. Aos 14, Jean Pyerre recebeu na entrada da área e finalizou bem no gol do Jacaré, mas Edmar Sucuri fez bela defesa e salvou o time amarelo. Aos 18, foi a vez de Léo Chú arriscar. O camisa 18 soltou um balaço de fora da área e obrigou Sucuri a fazer excelente defesa. Na sequencia, Lucas Silva arriscou de longe. Dessa vez a bola saiu pela linha de fundo.

Na marca de 25 minutos, após uma sequência de quatro escanteios para o Jacaré, Luquinhas pegou a sobra na entrada da área e finalizou para boa defesa de Paulo Victor. Aos 34, o jogo pegou fogo. Jean Pyerre achou jhonata Robert no lado direito, o camisa 25 não cabeceou em cheio e a bola passou rente a trave de Edmar Sucuri. No contra ataque, Diogo fez o cruzamento e a bola sobrou para Luquinhas, que cortou a marcação e finalizou tirando tinta da trave de Paulo Victor.

Aos 45 minutos do primeiro tempo Grêmio fez bela jogada saindo desde a defesa tocando bola de pé em pé, Jhonata Robert recebeu pela esquerda e tabelou com jean Pyerre, o meio entrou na área e sofreu pênalti, mas na vantagem, Ricardinho pegou a sobra e chutou no cantinho de Sucuri, não dando chances para o goleiro do Jacaré do papo amarelo.

A SEGUNDA METADE

Na etapa final, Vilson Tadei mexeu na equipe. Saiu Goduxo e entrou Wagner Balotelli. Mas o volante nem teve tempo para pegar na bola. Aos dois minutos, Sucuri bateu mal tiro de meta, Ricardinho recuperou a posse da bola e saiu cara a cara com o goleiro do Jacaré, Sucuri conseguiu fazer a defesa na primeira finalização, mas na sobra, o centroavante achou Jean Pyerre livre na pequena área, que só escorou para o fundo das redes.

Jogada do segundo gol começou com Ricardinho, mas a finalização foi de Jean Pyerre – Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O Brasiliense assustou o Grêmio na marca de 16 minutos do segundo tempo. Após boa trama de Zé Love e Peninha, Didira chutou cruzado e a bola passou na frente do gol de Paulo Victor. Diogo chegava na segunda trave, mas Cortez conseguiu fechar bem na marcação. Aos 20 minutos, um lance inacreditável na Arena. Léo Chú rolou para Ricardinho, que sem goleiro, embaixo da trave conseguiu acertar o travessão de sucuri. Inacreditável.

Aos 23, Jhonata Robert adentrou a área aos dribles e finalizou no canto de Sucuri, que fez uma defesaça. No rebote, Léo Chú conseguiu finalizar, mas mascado e sem perigo. Aos 28 minutos, Jean Pyerre cobrou com maestria falta no lado esquerdo de ataque e obrigou Sucuri a fazer um milagre. No escanteio, Jean Pyerre cobrou fechado e Sucuri evitou um gol olímpico na Arena do Grêmio. Depois dos 30 minutos a equipe candanga teve uma ligeira queda física e o grêmio controlou bem o jogo. Final, Grêmio dois, Brasiliense zero.

COPA DO BRASIL 2021 – TERCEIRA FASE – JOGO DE IDA
GRÊMIO 2-0 BRASILIENSE
02.06.21 – ARENA DO GRÊMIO – PORTO ALEGRE/RS

ARBITRAGEM: Alexandre Alvez de Jesus (RJ)
AUXILIARES: Michel Correira (RJ); Carlos Henrique de Lima Filho (RJ)
QUARTO ÁRBITRO: Jonanthan Berkenstein Pinheiro (RS).

Cartões Amarelos:
Vanderson, Lucas Silva e Jean Pyerre (Grêmio)
Badhuga, Goduxo, Lídio, Zé Love (Brasiliense).

GRÊMIO:
Paulo Victor; Vanderson, Geromel, Kannemann, Cortez; Thiago Santos, Lucas Silva (Victor Bobsin), Jean Pyerre; Jhonata Robert (Gui Azeverdo), Léo Chú (Léo Pereira) e Ricardinho (Diego Churín).
Analista de Desempenho: Pedro Sotero

BRASILIENSE:
Edmar Sucuri; Diogo, Badhuga, Gustavo Henrique, Goduxo (Wagner Balotelli); Lídio, Sandy, Peninha (Jorge Henrique), Didira (Zotti); Luquinhas (Milton Jr.) e Zé Love (Romarinho).
Técnico: Vilson Tadei

Gols: Ricardinho (45´1°T); Jean Pyerre (3´2°T).

Fonte: esportesbrasilia
Author: Gabriel Spies

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Idiomas: