Brasiliense tropeça em casa e soma novo empate


Pela quarta rodada do grupo A6 da Série D, Brasiliense e Atlético de Alagoinhas-BA fizeram um jogo equilibrado no estádio Serejão, na tarde deste domingo (4). O primeiro tempo foi melhor para os donos da casa, mas os gols saíram na segunda etapa: o Carcará saiu na frente em cobrança de pênalti; o Jacaré empatou com Romarinho, mas não conseguiu fazer o segundo.

O resultado é melhor para o Atlético-BA, que arranca um ponto fora de casa. Já o Jacaré precisava vencer após derrota no clássico e empate fora.

O jogo

A primeira chance de gol foi do Jacaré. Aos três minutos de jogo, Jefferson Maranhão recebeu com certa liberdade no meio da área. Na hora da finalização, porém, o camisa finalizou mal de perna esquerda.

Aos 15’, Luquinhas recebeu pela esquerda, cortou para o meio e bateu com perigo. O goleiro Fábio Lima salvou o Carcará.

Dois minutos depois, Fábio Lima quase colocou tudo a perder. Em bola alçada por Fernandinho, o goleiro subiu e soltou a bola no meio da área. O lateral Diogo bateu de cobertura, e a zaga salvou em cima da linha. Na cobrança de escanteio, Fábio soltou de novo, e Luquinhas quase abre o placar em uma meia-bicicleta.

O Brasiliense tinha mais posse de bola, enquanto o Atlético de Alagoinhas pouco atacava. Aos 36’, um tremendo bate-rebate na área dos baianos quase terminou em gol, mas a zaga afastou o perigo para a linha de fundo.

Visitantes se safaram de tomar gol após bololô na pequena área. Foto: Myke Sena/Esp. Metrópoles

Aos 47’, um lance polêmico: Marcos Aurélio tabelou com Luquinhas e saiu cara a cara com o goleiro. Ao invés de finalizar, o meia tentou driblar o arqueiro do Atlético-BA e acabou indo ao chão. O árbitro Ivan da Silva Guimarães Júnior entendeu que o camisa 10 do Brasiliense se jogou.

No início do segundo tempo, o Atlético-BA tentou atacar um pouco mais. Aos sete minutos, após cruzamento de Edson, Bruno Lima meteu a mão na bola, e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Robert bateu no ângulo direito de Fernando Henrique, que ainda tocou nela, mas não conseguiu salvar. Atlético-BA 1×0.

O gol deu ânimo aos visitantes, que procuravam chegar pelo lado direito do campo. Com isso, o Brasiliense nem sempre conseguia acionar o ponta Romarinho, que entrou no intervalo para dar dinâmica e velocidade ao jogo.

Se pela ponta não dava certo, o jeito foi tentar outras formas. Aos 19’, Fernando Henrique viu Romarinho livre pelo meio e fez um lançamento longo em sua direção. O camisa 20 dominou, carregou e bateu na saída de Fábio Lima para empatar o duelo. 1×1.

Aos 28’, Romarinho achou espaço pela esquerda e finalizou com perigo, mas Fábio Lima salvou. Dois minutos depois, o Atlético-BA respondeu com Russo, mas Fernando Henrique defendeu com facilidade.

Dez minutos depois, Felipinho fez fila na entrada da área do Brasiliense e deu a bola nos pés de Robert. O centroavante furou e finalizou mal, perdendo boa chance.

O último lance de perigo do jogo foi aos 47’, quando Neto Baiano cobrou falta de longa distância e a bola passou rente à trave direita de Fábio Lima. Depois, não deu tempo para novas emoções. Fim de jogo: Brasiliense 1×1 Atlético de Alagoinhas-BA.

Tabela e próximos jogos

Com o resultado, o Jacaré fica na quinta posição, fora da zona de classificação, com cinco pontos. Já o Atlético-BA segue em terceiro, com seis. Ainda há dois jogos em andamento que podem mudar a tabela.

Na próxima rodada, o Carcará recebe o Bahia de Feira no Carneirão, no sábado (10), às 20h30. O Brasiliense entra em campo no domingo (11), às 15h, para enfrentar o Palmas.

FICHA TÉCNICA
BRASILIENSE 1×1 ATLÉTICO DE ALAGOINHAS-BA

Campeonato Brasileiro Série D – primeira fase, quarta rodada
Estádio Serejão, Taguatinga-DF – 04/10/2020, 15h

Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Júnior (AM)
Assistentes 1 e 2: Leila Cruz e Lucas Modesto (DF)
Quarto árbitro: Maguielson Lima (DF)
Analista de campo: Geufran Almeida de Oliveira (DF)

Brasiliense

Fernando Henrique; Diogo, Badhuga, Keynan (Renatinho), Esquerdinha (Fernandinho); Bruno Lima, Balotelli, Marcos Aurélio (Romário); Luquinhas (Neto Baiano), Jefferson Maranhão e Mariano (Romarinho)
Técnico: Edson Souza

Gols: Romarinho (19’ 2T)
Cartões amarelos: não houve
Cartões vermelhos: não houve

Atlético de Alagoinhas-BA

Fábio Lima; Edson (Iran), Mailson, Emerson, Felipinho; L. Sobral (Dionísio), Dedeco, Vitinho; Russo (Reninha), Jeam, Robert (Naian)
Técnico: Agnaldo Liz

Gols: Robert (8’ 2T)
Cartões amarelos: Felipinho, Edson
Cartões vermelhos: não houve

O post Brasiliense tropeça em casa e soma novo empate apareceu primeiro em DF Sports Mais.

Fonte: dfsportsmais.com.br
Author: Willian Matos

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

Idiomas: