Cerrado Basquete disputará Brasileirão de basquete em 2020 e traz melhor técnico da Liga Ouro 2019

O Distrito Federal vai ter um representante na segunda divisão do basquete brasileiro, pelo terceiro ano consecutivo. Desta vez, o Cerrado Basquete vai jogar o Campeonato Brasileiro de basquete, que será disputado no lugar da Liga Ouro.

A competição será organizada pela Confederação Brasileira de Basquete e dará ao campeão a possibilidade de entrar no Novo Basquete Brasil 2020/2021.

O Cerrado Basquete já participou duas vezes da Liga Ouro e quer fazer bonito em 2020. Na edição de 2019, o time candango chegou às quartas de final e foi eliminado pelo Unifacisa/PB nos playoffs, terminando na quinta posição. Já em 2018, no primeiro ano de participação, o time foi o lanterna da competição.

“A expectativa é de ir mais alto. Viemos passo a passo construindo uma estrutura e uma marca com a cara da cidade, com pessoas da cidade desde a fundação ate as quadras. Aprendemos, melhoramos, e hoje, temos maturidade pra pensar em estar nas finais”, analisa o supervisor do Cerrado Basquete, Felipe Bretas.




Técnico na temporada 2019 da Liga Ouro, Ronaldo Pacheco assumirá a gerência técnica do time, onde agrega além da supervisão dos núcleos de formação social, a categoria de base e o elenco profissional.

“A gente precisa dele [Ronaldo] ajudando a pensar no macro e em todas as frentes do Cerrado no que diz a orientação técnica. Importante que todo o Cerrado aprenda a jogar e se desenvolva com os conceitos modernos do basquete e fundamentos bem sólidos. Então, o Ronaldo Pacheco é o cabeça no que se pensar em parte técnica no Cerrado”, explica Bretas.

Desta maneira, Bruno Lopes, eleito por dois anos consecutivos o melhor técnico da Liga Ouro, e que estava no Londrina Basquete, será o novo treinador do Cerrado Basquete. Ao lado de Bruno, estará o auxiliar técnico Gabriel Millian, que trabalhou com Ronaldo em 2019 na Liga Ouro.



Bruno Lopes, ex-técnico do Londrina Basquete, será o treinador do Cerrado Basquete no Brasileirão 2020 da modalidade – Foto: Divulgação/Londrina Basquete

Brasileirão 2020

Ao lado do Cerrado Basquete, outras 10 equipes demonstraram interesse à CBB de participar do Brasileirão, que começará em fevereiro de 2020. Estarão disputando o certame quatro times do Paraná (Campo Mourão, Maringá, Ponta Grossa e São José dos Pinhais), quatro times de Santa Catarina (Blackstar, Blumenau, Brusque e Joinville), um de Minas (Praia Clube) e um de Goiás (Anápolis).



Mais três equipes querem participar do Brasileirão, mas ainda não bateram o martelo, caso de Liga Nordeste/BA, Osasco/SP e Tatuí/SP. Elas têm dez dias para confirmar a participação.

Representantes das 15 equipes postulantes a participar do Campeonato Brasileiro de Basquete se reuniram na sede da CBB. Cerrado Basquete será o representante do Distrito Federal – Foto: Divulgação/CBB

Pinheiros e Flamengo no Brasileirão

As diretorias de Pinheiros/SP e Flamengo/RJ também informaram à gestão da CBB que querem estar no campeonato, mas com as equipes sub-20, para que possam dar rodagem aos jogadores. O prazo também será o mesmo: dez dias.

A tabela e o regulamento serão divulgados em breve pela CBB. Caso confirmem a participação, será a maior edição do Campeonato Brasileiro dos últimos tempos.

Fonte: esportesbrasilia / abcdesportes
Author: Rener Lopes

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Fontes de Notícias:

Siga-me no Twitter

Facebook

Idiomas: