Cerrado Basquete joga bem, mas perde na estreia do NBB 20/21


Por Bruno H. de Moura

O Cerrado Basquete fez o seu melhor, mas não foi páreo para o poder ofensivo do atual campeão paulista de basquete, Sesi Franca. Evoluindo fortemente desde seu primeiro amistoso, a equipe de Brasília mostrou evolução e um ótimo basquete para alguém estreante no Novo Basquete Brasil – é a primeira edição do novato, convidado pela liga para disputar a competição.

No termo inicial a equipe do DF começou muito mal na marcação, errando ao fechar os espaços do Franca e falhar nas oportunidades criadas, mas Bruno Lopes conversou com a equipe, incluiu Haydin e Alex no jogo e virou a partida em cima do favorito Franca, levando a primeira parte da partida por 43-39 e com Fuller de cestinha do jogo com 13 pontos.

A mexidas e orientações de Bruno Lopes foram fundamentais para a vitória no segundo quarto. Todavia, as faltas cometidas muito cedo no terceiro e quarto período ceifaram a reação do Cerrado Basquete. Agora, o Bauru Basquete é o novo desafio do Cerrado Basquete na quarta-feira (18/11) às 18:30. O Sesi Franca descansa até quinta-feira (19/11) quando jogará com o Mogi às 21:00.

1º Tempo: Bruno Lopes ajeita o Cerrado e garante vitória inicial

O time de Brasília começou à frente no placar. Fuller infiltrou bonito pela direita do garrafão e, na bandeja, abriu o placar, recebendo resposta na jogada seguinte de Lucas Dias. Aos 6 minutos para o fim 3 faltas já haviam sido cometidas. O Sesi Franca abriu uma curta vantagem com Lucas Dias, o principal destaque nas infiltrações debaixo do garrafão. No lado candango Fuller era responsável por 1/3 dos pontos.

Bruno Lopes, treinador do Cerrado, tirou Sérgio e colocou Bruno Fiorotto, mas aos 03:21 no cronômetro o Sesi Franca abriu 8 pontos e o treinador teve de chamar os jogadores para conversa. O placar anotava 12-20. Na volta Fiorotto, ex-Universo Brasília, tirou dois da vantagem adversa, mas André Goes rapidamente retomou os 8 de frente. As falhas na marcação e o aproveitamento ruim em rebotes levaram o Cerrado, ao final do quarto inicial, perder por 17-27.

Distintamente do primeiro quarto, o Cerrado voltou ajeitado para a quadra. Aos 07:11 para acabar o tempo inicial o Cerrado abria 9 a 4 no período com pontos sequenciais de Von Haydin e Paulo. Helinho teve de parar o jogo, pois a distância que outrora era de 10 pontos àquela altura mostrada 26-31. A vantagem francana caia na mesma proporção que a marcação por zona do Cerrado encaixava.

Aos 04:08, Diego Nunes arrematava bola de três e diminuía a vantagem para 3 pontos: 33-36. No período via-se 16-9. A defesa, por mais que a pontuação no placar era razoável, era a principal arma do Cerrado e do Franca. Em duas jogadas seguidas os ataques deixaram o cronômetro estourar. Com 02:25 Paulo Lorenzo empatava para o Cerrado com linda bola de três – 36-36. O Cerrado aproveitou a boa fase com ótimas atuações de Alex, Haydin e Paulo e encerrou a parte inicial com 43-39 no placar e 26-12 no período.

Cerrado x Franca – João Pires/LNB

2º Tempo: Cerrado começa bem, mas Franca impõe entrosamento

O jogo do primeiro tempo não se repetia no início do segundo tempo. Pegada, com os dois times mais tensos, em 4 minutos havia-se mais pontos de lance livre que de outra espécie de jogada. O Franca anotava 5 dos seus 7 de arremessos de infração e o Cerrado 2 de 4. O time francano abria vantagem no período, 7-13, mas no total tudo igualava-se em 50-50. Porém, a forte marcação do Cerrado gerava faltas e com 5 minutos no cronômetro as 5 faltas permitidas por período já estavam estouradas.

O Franca abria 4 pontos e Bruno Lopes, novamente, parava o jogo para inserir um freio de arrumação na equipe. Não funcionou. Lucas Dias de lance livre e de 2, Elinho de 3, abriram 50-59. Von Haydin duas vezes e Ambrosino bandeja diminuíram para 57-59, mas Márcio pelo Franca dava números finais: 57-61 e 14-22 no período.

O Sesi Franca começava o derradeiro quarto na frente. Lucas Dias e Adyel abriram vantagem para os paulistas, diminuída por Paulo e Fuller. O Cerrado virava com Haydin o quarto, mas ainda atrás no jogo faltando 5:45 de cronômetro. Novamente, o Cerrado estourava as faltas no meio do quarto e colocava, a todo momento, o Franca na linha de lances livres. Bruno Lopes parava o povo.

O time do Cerrado, atrás no placar em 6 pontos, ao invés de trabalhar a bola e bandejar dois pontos, arriscava de três e de dois. Sem acerto. Lance livre para cada lado, 74-79 com 2:15 no tempo quando Goes acertava de três, o Cerrado perdia a bola no ataque seguinte e Lucas Dias ampliava para 74-84. Outro pedido de tempo. De pouco adiantou. Final de jogo com 79-86 e uma estreia melhor que o esperado para o time do DF.

Cerrado x Franca – João Pires/LNB

Ficha técnica:

Cerrado Basquete: 79

Sérgio (T); Lucas Lima (T); Crescenzi (T); Fuller (T); Nunes (T); Paulo; Luis; Alex; Bruno Fiorotto; Von Haydin; Ambrosino.

Tec.: Bruno Lopes.

Cestinha: Paulo 21 pts.; Rebotes: Diego Nunes 6; Lucas Lima: 4.

Sesi Franca: 86

Elinho (T); Fuzaro (T); Lucas Dias (T); André Goes (T); Hubner (T); Márcio; Adyel; Edu Marília; Léo Abreu; Reynan; Gui Abreu; Nathan.

Tec.: Helinho

Cestinha: Lucas Dias 29 pts.; Rebotes: André Goes 6; Assistências: Elinho 6.

O post Cerrado Basquete joga bem, mas perde na estreia do NBB 20/21 apareceu primeiro em Distrito do Esporte.

Fonte: distritodoesporte.com
Author: Bruno Henrique de Moura

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

Idiomas: