Com paralisação do Candangão, clubes na briga contra a queda ganham tempo


A paralisação do Campeonato Candango provocada pela pandemia do novo coronavírus – o torneio não deve ter jogos até, pelo menos, 26 de março – servirá para alguns clubes colocarem ordem na casa. Integrando a zona de rebaixamento da competição local, Formosa, Santa Maria, Real Brasília e Samambaia terão a oportunidade de realizar uma nova “pré-temporada” com a missão de dar um rumo definitivo às suas equipes no período livre para treinamentos da pausa.

A situação mais crítica até o momento é a do Formosa. Nas últimas temporadas, o time do Entorno acostumou-se a brigar na parte superior da classificação. Neste ano, porém, perdeu as três partidas jogadas e está atolado na lanterna do grupo B. A situação dos goianos é a mais crítica entre os membros do Z-2 de cada chave, tendo em vista o fato de o Tsunami ter um jogo a mais em relação aos concorrentes diretos na briga contra o rebaixamento. Entretanto, o clube está a um ponto do Sobradinho.

Também sem vencer na competição local, o Real Brasília vive situação semelhante no grupo A do Candangão. Segurando a lanterna da chave, o aurianil demitiu o técnico Rafael Toledo após duas derrotas e nenhum ponto conquistado e trouxe Edson Souza. Apontado por muitos como candidato ao título antes da bola rolar, o Leão do Planalto também reforçou o plantel na tentativa de sair da fase crítica. O time é, ainda, quem está mais distante da porta de saída: três pontos para o Gama.

Outra equipe sem somar pontos nos primeiros dois jogos disputados, o Santa Maria está em situação bastante semelhante a do Formosa, mas com a vantagem de ainda não ter entrado em campo na terceira rodada do Candangão. Com uma hipotética vitória sobre o Real Brasília, por exemplo, a Águia poderia mudar drasticamente a situação e respirar com mais tranquilidade na competição. Os três pontos trariam a chance, inclusive, de deixar o Z-2 em caso de tropeço do Sobradinho.

Mesmo sendo o único time integrante das zonas de rebaixamento do torneio local com ponto somado – tem um conquistado na primeira rodada do Candangão -, o Samambaia não tem menos motivos para se preocupar. A Cobra-Cipó está a dois da ponta de saída do Z-2 do grupo A. Porém, assim como os demais concorrentes, além de vencer, o time também precisa torcer por tropeços dos times diretos na tabela de jogos espelhada entre as duas chaves.

Sobradinho e Gama mais tranquilos

Vendo a briga um pouco mais de longe, Gama e Sobradinho – atuais quartos colocados dos grupos A e B – assistem a disputa um pouco mais tranquilos. Os alviverde, inclusive, olha mais para a parte de cima. A missão é vencer o Brasiliense, chegar aos mesmos seis pontos de Unaí, Taguatinga e Luziânia e complicar a vida dos concorrentes que estão atualmente na zona de rebaixamento. Um trinfo do Periquito forçaria resultados positivos de Samambaia e Real Brasília.

Já o Sobradinho está com os olhos mais voltados para a parte inferior da tabela. O Leão da Serra conquistou apenas um ponto até o momento e pode ser ultrapassado ainda nesta rodada pelo Santa Maria. Para isso, bastaria um tropeço diante do Taguatinga aliado a uma vitória da Águia contra o Real Brasília. No que diz respeito a uma posição mais privilegiada, a situação do alvinegro é mais complexa. O time está cinco pontos atrás de Brasiliense, Ceilândia e Capital. Destes, somente o Gato Preto já tem três jogos.

Jogos que restam
Formosa: Samambaia (casa), Gama (fora) e Real Brasília (casa)
Real Brasília: Santa Maria (casa), Brasiliense (fora), Sobradinho (casa) e Formosa (fora)
Santa Maria: Real Brasília (fora), Gama (casa), Samambaia (fora) e Luziânia (casa)
Samambaia: Capital (casa), Formosa (fora), Santa Maria (casa) e Ceilândia (fora)

O post Com paralisação do Candangão, clubes na briga contra a queda ganham tempo apareceu primeiro em Distrito do Esporte.

Fonte: distritodoesporte.com
Author: Distrito do Esporte

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

Idiomas: