Cuca diz que Marinho é dúvida, fala de reforços e elogia o Flamengo: “É uma grande equipe”


Santos se prepara para o confronto contra o Flamengo no próximo domingo (30)

Cuca concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira (27) e falou sobre diversos assuntos, incluindo a condição de Marinho, reforços, bastidores e Flamengo, o próximo adversário do Santos, no domingo (30), às 16h (de Brasília). Ele também comentou acerca da situação dos goleiros do Peixe,já que Everson foi reintegradoao elenco.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Marinho, principal jogador do Santos na temporada, se machucou e saiu durante o confronto com o Palmeiras. Passou por avaliação no começo da semana e não foi detectado problemas, mas Cuca foi cuidadoso ao falar do atacante: “Está treinando, mas não 100% depois de um desconforto na coxa. Cada dia que passa é uma esperança maior de poder jogar”.

O treinador comentou sobre a questão financeira do Peixe, que além de todos os problemas, está punido pela FIFA por conta do atraso no pagamento do zagueiro Cléber Reis. Cuca foi otimista:

“Daqui a pouco entra outra verba dos direitos dos clubes e sana. Temos que fazer primeiro esse dever, por isso que jogador confia em mim e nos diretores. Se sanarmos o atraso e colocar a casa em ordem, podemos reforçar. Dentro da realidade também. Maior reforço é o jogador estar feliz da vida, representando o clube e recebendo em dia. Isso é a coisa mais importante. Pessoal está correndo atrás”, disse o comandante do Santos, que prosseguiu:

“Sabia da questão financeira e não vou me queixar, eu sabia disso. Quero que dentro dessa passagem a gente tenha divergências, mas sendo transparente em tudo. “Não vim pela questão financeira, vim pela metade do que eu ganhava da outra vez. Se oferecessem menos, viria também”.

Outras declarações de Cuca:

Lucas Lourenço

“Lucas Lourenço nós promovemos agora, contrato está para vencer e renovará na terça. Hoje teve um probleminha e não participou. Vamos com calma, conheço ele da outra passagem”.

Gabigol, Bruno Henrique e Gustavo Henrique

“São três amigos, passamos por bons momentos, outros difíceis. Saíram bem, fazem grande trabalho, principalmente Bruno e Gabriel. Gustavo não teve tantas oportunidades, mas é muito bom”.

Flamengo

“Flamengo tem praticamente mesmo time, mudou comando. É uma grande equipe. Nós mudamos o comando, enfrentamos situações complicadas e estamos melhorando. Internamente sentimos isso. Queremos melhorar e sair com os três pontos”.

Bastidores do Santos

“Eu não falei errado, mas falei na hora errada, da raiva pela eliminação na Libertadores (em 2018). E vi muita melhora aqui dentro. Cara trabalha todo dia e aparece pouco, o Jorge Andrade. Fuça, vai atrás. O Matheus, o Doria… Dão a cara à tapa, procuram soluções”.

Vaga de Alison

“Entra o Jobson, característica diferente do Alison. Tem feito bons jogos, aconteceu o erro e foi infeliz, e o erro resultou no gol. Não foi tão bem, mas teve muitos acertos. Não só nessa partida, mas em outras. Tem minha confiança e está escalado para domingo”.

Sistema defensivo 

“Acho que está bom. Sofrer média de um gol por jogo está legal, me incomodo em criar mais. Se eu levar três e fizer quatro, serei o mais feliz do mundo. Prefiro 4×3 do que 1 a 0. Me preocupei mais com sistema ofensivo e criação de jogadas nesta semana”.

LEIA MAIS:

“Em nossa casa temos que nos impor”, diz zagueiro do Santos sobre duelo contra o Flamengo

Cuca diz que Marinho é dúvida, fala de reforços e elogia o Flamengo: “É uma grande equipe” – Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.

Fonte: torcedores.com
Author: Paulo Silva

Powered by WPeMatico