De olho no rival: em duas frentes, Remo vira a chave para a Copa Verde


Classificado para as oitavas de final da Copa Verde após vencer o Santos-AP por 2 x 0, o Gama terá pela frente um rival com atenções divididas. Envolvido também na disputa da Série C do Campeonato Brasileiro, o Remo chega para o confronto eliminatório com juras de que não irá abir mão do torneio regional em detrimento do título nacional, que ficou mais distante após os paraenses perderem por 5 x 1 na ida para o Vila Nova.

É com este cenário que os dois clubes se enfrentam nesta quarta-feira (27/1), às 16h, no estádio Mangueirão. Após disputar a primeira fase no mesmo local, o Gama permaneceu em Belém para o compromisso contra o Remo. Para o time paraense, a semana será de duas decisões e a intenção dos jogadores do elenco é focar em um jogo de cada vez para apresentar bom desempenho em ambos.

Mesmo enfrentando alguns casos de coronavírus no elenco, a tendência é que o Remo utilize força máxima na Copa Verde. O Leão realizou o último treino visando o jogo contra o Gama na manhã desta terça-feira (26/1). Nele, cinco jogadores que cumpriram quarentena devido à doença ficaram à disposição: O zagueiro Mimica, o volante Gelson, o meia Carlos Alberto e os atacantes Salatiel e Augusto.

Porém, o time ainda segue sem o zagueiro Rafael Jansen, o lateral-direito Ronald, o volante Charles, o meia Dioguinho e o lateral-esquerdo Marlon. Também diagnosticado com a covid-19, o técnico Paulo Bonamigo não estará no banco de reservas. O preparador físico Renan Capra e o preparador de goleiros Juninho estarão à frente da equipe paraense na partida decisiva contra o Gama.

Foto: Samara Miranda/Remo

Remo estudará o Gama

Na última entrevista coletiva antes das oitavas de final contra o Gama, o volante Lucas Siqueira destacou a importante de um título inédito da Copa Verde para o time do Remo. Porém, o jogador também ressaltou o fato de não conhecer profundamente as virtudes do time alviverde. Segundo ele, o adversário desta quarta-feira ainda está sendo estudado pelo elenco e a comissão-técnica do Leão.

“Confesso que não tenho ainda informações sobre o time do Gama. Temos que vencer, porque é eliminatório. Apesar de todos esses desfalques, apesar de tudo que está acontecendo, vamos fortes para este jogo. Vamos estudar a equipe do Gama para fazer uma grande partida, vencer e classificar”, prospectou o volante, ressaltando que a busca pela taça da Série C do Brasileirão ficará em segundo plano.

“Começamos o ano disputando esse campeonato e temos que ir para vencer e sermos campeões. Já temos que levantar nossa cabeça, como estávamos falando no vestiário. Cabeça erguida pela linda campanha que fizemos na Série C. Não vai ser um placar na final que vai apagar tudo isso”, continuou. A partida de volta da final entre Remo e Vila Nova está marcada para sábado, às 17h, no mesmo Mangueirão.

Foto: Divulgação/Remo

Jogos recentes do Remo

Finalista da Série C do Campeonato Brasileiro e com vaga garantida na segunda divisão em 2021, o Remo vem da desastrosa goleada por 5 x 1 sofrida para o Vila Nova na primeira partida da decisão do torneio nacional. Antes, porém, o time paraense fez jogos consistentes e ficou em primeiro no grupo que definiu o acesso ao conquistar 10 pontos em seis partidas (três vitórias, um empate e duas derrotas).

O principal artilheiro do Leão na competição nacional com cinco gols marcados, o atacante Salatiel está de volta após período de quarentena provocado pela covid-19. Outro destaque do time azul é o sistema defensivo. Antes de sofrer cinco gols do Vila Nova, a equipe paraense havia sido vazada somente cinco vezes em seis partidas, uma média de menos de um gol sofrido a cada 90 minutos.

O post De olho no rival: em duas frentes, Remo vira a chave para a Copa Verde apareceu primeiro em Distrito do Esporte.

Fonte: distritodoesporte.com
Author: Distrito do Esporte

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Idiomas: