Em jogo de tirar o fôlego, Gama empata com o Brasil de Pelotas e está eliminado da Copa do Brasil


Em jogo eletrizante, o Gama jogou muito melhor, mas empatou com o Brasil de Pelotas em 3×3 e está eliminado da Copa do Brasil. O regulamento, que favorece o time visitante, determinou a classificação dos gaúchos, que agora enfrentam  o Manaus na segunda fase. Nunes, Luquinhas e Michel Platini marcaram para o Periquito. Tarta, destaque nesse início de temporada, foi o melhor da partida mais uma vez.




O Jogo

O jogo começou quente no Bezerrão. Logo na marca dos dois minutos de jogo, em boa trama pelo lado esquerdo de ataque, Andrei Alba chutou com perigo ao gol de Matheus Nogueira tirar a bola do gol. Aos quatro minutos, mais uma chance. Após cabeçada da equipe alviverde, o goleiro rival fez grande defesa e tirou para escanteio. Mas o ímpeto do periquito parou por aí. Logo aos 8 minutos, Wesley aproveitou bate e rebate na zaga do Gama e chutou rasteiro matando, Rodrigo Calaça. 

Porém, logo aos 10, a resposta. Depois de um levantamento na área, o juiz assinalou pênalti para o Gama em disputa na área. Nunes não perdoou, deslocou o goleiro, empatou para o Periquito e ainda botou fogo no jogo. Na marca dos 16 minutos, Luquinhas perdeu chance inacreditável para a virada. Tarta fez jogada sensacional, rolou para Luquinhas, que tabelou com Andrei Alba, que deixou o camisa 7 na cara do gol,  sem goleiro, mas ele chutou para fora. 

Emoção novamente só aos 27’. Bola na área do Gama e Cristian foi agarrado. O juiz assinalou outro pênalti, desta vez para o Brasil de Pelotas. Na cobrança, Wellington Simião só rolou para um lado e deslocou o goleiro Rodrigo Calaça. Era o segundo dos visitantes. Três minutos, o empate. Luquinhas desviou no primeiro poste cobrança de escanteio a meia altura de Tarta e empatou o jogo, não deixando o Xavante tomar as rédeas da partida e incendiando o jogo mais uma vez. 

A segunda etapa começou morna. Com melhor posicionamento dos gaúchos, o Gama não conseguia infiltrar na zaga Xavante. Aos 13, Marcos Baiano partiu em velocidade pelo lado direito de ataque e foi parado com falta por Bruno Santos. O camisa 6 já tinha amarelo e foi punido com cartão vermelho, deixando o Periquito com um a mais em campo. Mas, logo aos 15, Gabriel Poveda, aproveitou contra ataque mortal do Brasil e colocou debaixo das pernas de Calaça. Era o terceiro do Xavante.

Aos 27, em bela jogada de Tarta, Michel Platini, dominou no peito, girou e chutou a bola, que passou raspando a trave do goleiro Matheus Nogueira. Cinco minutos depois, o Gama seguia na pressão. Mais uma vez, ele, Tarta, fez boa jogada e finalizou à esquerda do goleiro Xavante. Só dava o Alviverde no jogo. Com 34 minutos no relógio, mais uma bela jogada do Gama, Luquinhas achou Júlio Lima fazendo o facão e tocou para ele. O camisa 19 escorou para Platini, mas a zaga chegou rasgando para escanteio. Logo depois, Paulo Henrique recebeu bola na entrada da área e finalizou muito perto do gol do time gaúcho. 




Aos 40 minutos, o fôlego. Bola alçada na área e Michel Platini ganhou da marcação e cabeceou para o fundo do gol. O goleiro Matheus Nogueira falhou feio e o jogo ficou empatado em 3×3. O Gama levantou o Bezerrão de forma ensurdecedora. A pressão era total. Porém, toda essa atmosfera não foi suficiente para a classificação do Periquito. Nathan, do Brasil de Pelotas, ainda foi expulso aos 52, por falta desleal em Tarta. Mesmo com toda a luta, o classificado foi mesmo o Xavante, graças ao regulamento da primeira fase da Copa do Brasil. 

Júlio Cesar Silva/Agência EB

Ficha Técnica

COPA DO BRASIL 2020 – PRIMEIRA FASE

GAMA 3×3 BRASIL DE PELOTAS

Arbitragem: José da Silv;  Bruno César (Assistente 1); Fernando Silva (Assistente 2), Luis Aniceto (4° árbitro).

Gols: Gama – Nunes (11´1°T), Luquinhas (30´1°T) e Michel Platini (45´2° T); Brasil de Pelotas – Wesley (9´1°T), Simião (28´1°T) e Gabriel Poveda (15´2°T).

Cartões Amarelos: Gama (Emerson e Nunes); Brasil de Pelotas (Matheus Nogueira, Héverton, Bruno Santos, Gabriel Poveda e Cristian).

Cartões Vermelhos: Bruno Santos e Nathan – Brasil de Pelotas.

GAMA

Calaça; Marcos Baiano (Walace), Gustavo, Emerson, Paulo Henrique; Balotelli (Michel Platini), Tarta, Andrei Alba; Luquinhas, Nunes e Jefferson Maranhão (Júlio Lima).

Técnico: Vilson Tadei.

BRASIL DE PELOTAS

Matheus Nogueira; Ednei, Lázaro, Héverton, Bruno Santos – expulso; Revson, Wellington Simião (Leandro Leite), Maicon Assis (Leandro Camilo), Gustavo Poveda, Cristian e Wesley (Nathan – expulso).

Técnico: Gustavo Papa.

Fonte: esportesbrasilia
Author: Gabriel Spies

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Fontes de Notícias:

Siga-me no Twitter

Facebook

Idiomas: