Estratégico, Gama vence bem o Ceilândia e se recupera no Candangão


O Gama promoveu um verdadeiro jogo de xadrez, na tarde desta sexta-feira, contra o Ceilândia. Após perder para o Capital na estreia do Campeonato Candango, o time alviverde reformulou a estratégia para enfrentar o Gato Preto fora de casa. Jogando no estádio Abadião, o time gamense deu o xeque-mate em duas jogadas e segurou o ímpeto dos mandantes na etapa final para ganhar por 2 x 0 e conquistar os primeiros três pontos no torneio local.

Com a missão de se recuperar no Candangão, o Gama tomou cuidados defensivos para brecar o ataque do Ceilândia. Ofensivamente, o alviverde se sobressaiu e contou com o bom desempenho dos seus atacantes para pular na frente do marcador. Satisfeito com o resultado construído, o alviverde voltou para o segundo tempo de forma conservadora e deu a bola para o Gato Preto. O alvinegro, porém, não soube aproveitar e saiu de campo derrotado em casa.

Sob chuva, Gama se sobressai

Quando a bola rolou no Abadião, o gramado estava bastante encharcado pela forte chuva que caiu desde antes do apito inicial. Em alguns lances, as poças d’água chegaram a atrapalhar as tentativas ofensivas de Ceilândia e Gama. Até os 15 minutos, os goleiros dos dois times não precisaram trabalhar com as mãos. Aos 18, porém, o alviverde achou o caminho do gol. Daniel Mendonça recebeu pela direita, trouxe para o meio e mandou um belo chute para abrir o marcador.

Mesmo atrás, o Ceilândia continuou com dificuldades de incomodar o goleiro Matheus. Na outra vez que chegou, o Gama novamente guardou. Caíque Santos dominou próximo à linha de fundo, girou e bateu com qualidade para ampliar para os visitantes. Aos 33, os donos da casa chegaram em cobrança de falta. William cobrou falta direto para o gol. Matheus estava ligado na jogada e evitou qualquer susto.

Aos 41, o time alviverde criou boa jogada trabalhada. De pé em pé, a bola chegou em Daniel Mendonça. Liel chegou na cobertura e evitou a finalização do atacante alviverde. Com 44, o alvinegro tentou novamente. Após recuperada de bola, Wisman arriscou o chute, mas pegou muito mal e mandou longe do gol. Com 46’, a zaga do Gama dormiu no ponto. Alysson saiu de frente para o gol, mas Igor fez o corte.

Foto: Ascom/Gama

Ceilândia aperta, mas não marca

Na volta para o segundo tempo, o Gama criou a primeira grande chance. Aos 2, o Caíque tirou a marcação e bateu para grande defesa de Maicon. Precisando buscar o resultado, o Ceilândia buscou controlar as ações da partida, mas o ataque alvinegro encontrou muitas dificuldades de infiltrar o bem postado esquema defensivo do alviverde. Truncada, a partida ficou fria assim como o tempo do estádio Abadião. Aos 15, Wisman teve chance em bola parada, mas mandou longe do gol.

Com a inofensividade do Ceilândia, Adelson promoveu mudanças em atacado para colocar o time para frente. Na primeira jogada, Maycon Alagoano colocou bola na área e Liel não alcançou. Nos minutos seguintes, o alvinegro seguiu no campo de ataque. Em boa chance, Vitor Mariano recebeu na frente e chutou para defesa de Matheus, mas a partida estava parada por impedimento. Nas poucas escapadas, o Gama também não oferecia perigo.

Aos 35, Vitor Mariano tentou novamente, mas a zaga cortou. Com 37, Maycon Alagoano tentou surpreender Matheus, mas o camisa 1 se esticou e salvou outra. Três minutos depois, Alagoano teve nova chance de bola parada, mas ele acertou duas vezes a barreira. Aos 46, o Gato Preto teve a melhor chance do jogo. Gabriel chutou firme e Matheus, mais uma vez, se destacou e manteve o resultado no marcador.

O que vem por aí

Na terceira rodada, Ceilândia e Gama chegam à metade da participação na primeira fase do Campeonato Candango. No momento, ambos os times contam com três pontos e uma vitória na competição local. Na quarta-feira (3/3), o alviverde realiza o clássico contra o Brasiliense, às 15h30, no estádio Bezerrão. No mesmo dia e horário, o Gato Preto fará sua primeira longa viagem e irá até Minas Gerais para enfrentar o Unaí, no Urbano Adjuto.

CEILÂNDIA 0
Maicon; Andrezinho 🟨 (Gabriel Candinho), Liel, Medeiros e Buchecha; Werick 🟨, Klécio (Igor Pato), Willian e Wisman (Maycon Alagoano); Mirandinha (Dennys) e Alysson (Vitor Mariano).
Técnico: Adelson de Almeida

GAMA 2
Matheus; Fernando 🟨 (João Magalhães 🟨), Vinícius, Igor 🟨 e Júnior Alves; Filipe Werley, João Victor (Lucas) e Gustavo Lila (David Fernandes); Ueslei (Igor Paim), Daniel Mendonça ⚽ (Danielzinho) e Caíque ⚽.
Técnico: Victor Santana

O post Estratégico, Gama vence bem o Ceilândia e se recupera no Candangão apareceu primeiro em Distrito do Esporte.

Fonte: distritodoesporte.com
Author: Distrito do Esporte

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Idiomas: