Fábio desabafa sobre a situação do Cruzeiro: “A pressão é toda em cima da gente”


Fábio pediu a compreensão e o apoio dos torcedores para que assim a pressão sobre os jogadores, principalmente os jovens, diminua

Em crise o Cruzeiro vê a volta para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro cada vez mais distante. Na última sexta-feira, o time de Belo Horizonte perdeu para o Avaí e pode terminar essa rodada na zona de rebaixamento.

Fábio, que permaneceu no clube, mesmo com o rebaixamento comentou a situação do Cruzeiro e ainda revelou que está sendo pior do que ele imaginava.

“É complicado. A gente já sabia que seria difícil, mas não dessa forma. Tivemos muitas dificuldades: financeira desde janeiro, perda dos seis pontos, não ter cota de Série A. Essa temporada não seria fácil, mas as coisas não estão fluindo. Estamos lutando até o final, mas as coisas não estão se encaixando. A gente pressiona e toma gol de contra-ataque ou bola parada. Aí gera mais pressão, mais cobrança. É continuar trabalhando. Todo mundo deveria ter a consciência de que seria difícil”, afirmou.

A situação do Cruzeiro não é nada boa, o time está a oito pontos do G4. Todo o time grande que cai para a série B se torna o favorito para ganhar a competição, e Fábio sabe disso. O goleiro desabafou e pediu a compreensão e o apoio da torcida, para que a pressão não aumente cada vez mais.

“A pressão é toda em cima da gente. O torcedor está vendo a realidade. É simples, é só querer enxergar. O Cruzeiro vem de uma situação delicada financeiramente. Os jogadores são novos, a responsabilidade é gigantesca, principalmente para os garotos. Se o torcedor não enxergar isso, vai ter ainda mais pressão. Eu estou acostumado a levar porrada. Na Série B, a obrigação é toda do Cruzeiro de conquistar o acesso”, concluiu.

LEIA MAIS:

Fábio desabafa sobre a situação do Cruzeiro: “A pressão é toda em cima da gente” – Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.

Fonte: torcedores.com
Author: Jeferson Macedo

Powered by WPeMatico