Fluminense vence o Bahia no Maracanã e sobe na tabela




Fluminense conquistou boa vitória contra o Bahia (Foto: Mailson Santana/Fluminense)

O Fluminense segue se recuperando no Campeonato Brasileiro. Em partida disputada na noite deste sábado (12), no Maracanã, o Tricolor das Laranjeiras derrotou o Bahia por 2 a 0. O resultado fez a equipe carioca chegar aos 29 pontos e ocupar o 13º lugar, se afastando da zona de rebaixamento. Com a derrota, o Bahia se manteve com 38 pontos ganhos e segue na oitava posição. Os gols do Fluminense foram marcados por Nenê, de pênalti, e Daniel, ambos no primeiro tempo.

A equipe dirigida por Marcão foi bem melhor na etapa inicial quando marcou os gols que construíram a sua vitória. No segundo tempo, o Bahia subiu de produção, depois de substituições feitas por Roger Machado, mas desperdiçou várias oportunidades para marcar e ainda encontrou o goleiro Muriel em grande noite, fechando o gol da equipe carioca.

Na próxima rodada, o Fluminense vai receber o Ahtlético PR no Maracanã. O Bahia vai encarar o Grêmio, em Porto Alegre.



O jogo 

A partida começou com um grande susto sofrido pela torcida do Fluminense, antes do primeiro minuto. Guerra lançou João Pedro pela direita e o lateral cruzou para Élber, inteiramente livre na pequena área, mas o atacante do Bahia conseguiu perder o chamado “gol feito”, batendo por cima do travessão.

Aos 16 minutos, Nenê fez boa jogada pela esquerda e rolou para a conclusão de Yony González, mas o chute do atacante bateu na rede, pelo lado de fora. Logo depois, Yony González recebeu de Daniel, invadiu a área e acabou caindo depois de choque com João Pedro. O árbitro marcou pênalti e Nenê bateu com categoria, aos 20 minutos, para colocar o Fluminense na frente.



O time comandado por Roger Machado quase empatou aos 31 minutos. O lateral Giovanni investiu pela esquerda e cruzou para Gilberto que completou para o gol, mas Frazan conseguiu desviar para escanteio.

O Fluminense ampliou aos 44 minutos. Após cruzamento na área, João Pedro acertou o travessão de Douglas. No rebote, Daniel meteu a cabeça e colocou a bola nas redes.

O Bahia voltou modificado para o segundo tempo. Os atacantes Arthur Caike e Lucca substituíram os meias Ronaldo e Guerra numa tentativa de Roger Machado de tornar a equipe mais ofensiva. E os primeiros minutos mostraram que o treinador alcançou seu objetivo.

Aos dois minutos, após bola lançada em profundidade, Nino tentou proteger a saída de Muriel, mas Arthur Caike chegou antes do goleiro tricolor, mas chutou para fora, perdendo uma boa chance. Um minuto depois, Flávio desarmou Airton, tabelou com Arhur Caike, entrou livre e bateu por cima, desperdiçando uma grande chance. Na jogada seguinte, o lateral Gilberto salvou em cima da linha, quando o atacante Gilberto chutou e a bola passou pelo goleiro Muriel.

O Fluminense não conseguia se encontrar em campo e apenas o goleiro Muriel se destacava. Aos 11 minutos, o lateral João Pedro emendou de canhota e Muriel fez grande defesa. Depois de desperdiçar várias oportunidades, o Bahia desanimou e permitiu que a equipe carioca recuperasse o controle do jogo. O time de Marcão passou a administrar a vantagem, tocando a bola para não permitir que a equipe visitante tivesse forças para fazer pressão sobre sua defesa.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2 X 0 BAHIA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 12 de outubro de 2019 (Sábado)
Horário: 19h(de Brasília)
Público: 17.637 presentes
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Alex dos Santos (SC)
VAR: Rafael Traci(SC)

Cartão Amarelo: João Pedro (Bahia)
Gols:
FLUMINENSE: Nenê, aos 20 e Daniel aos 44 minutos do primeiro tempo

FLUMINENSE: Muriel, Gilberto, Digão (Frazan), Nino e Orinho; Airton (Dodi), Daniel e Nenê; Yony González, Wellington Nem (Guilherme) e João Pedro
Técnico: Marcão
BAHIA: Douglas Friedrich, João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Giovanni; Gregore, Ronaldo (Arthur Caike), Flávio e Guerra (Lucca); Gilberto e Élber (Rogério)
Técnico: Roger Machado

O post Fluminense vence o Bahia no Maracanã e sobe na tabela apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Fonte: GAZETA ESPORTIVA
Author: Victor Augusto Boni Lacerda

Powered by WPeMatico