Gama incomoda, mas perde para o Remo e é eliminado da Copa Verde


O Gama lutou, criou boas chances no segundo tempo, mas não conseguiu ser efetivo o suficiente para passar de fase na Copa Verde. Na tarde desta quarta-feira (27/1), o alviverde candango visitou o tradicional Remo, no gramado do estádio Mangueirão, em Belém (PA), e fez uma partida de bom nível. Porém, o time paraense marcou o gol da vitória por 1 a 0 ainda no primeiro tempo e garantiu a classificação para as quartas de final da competição regional.

Nos 45 minutos iniciais, o Remo criou as melhores chances e marcou em um lance confuso que causou protestos da equipe do Gama. Apostando nas saídas rápidas, o alviverde pecava, principalmente, nas finalizações, que saíam sem muita força. Na etapa final, o time candango melhorou bastante com as alterações de Victor Santana, passou a dominar a parte e criou boas oportunidades de marcar, mas pecou na hora de empurrar para o gol e acabou dando adeus à Copa Verde.

Remo é melhor e marca

O primeiro tempo começou com emoção para os dois lados e, aos quatro minutos, o Remo deu um grande susto no time do Gama. Após cruzamento da direita, Salatiel bateu com força e carimbou o travessão alviverde. O time candango respondeu dois minutos depois. David Souza brigou na área e a bola sobrou para Mirray, mas a zaga remista chegou na hora certa para cortar. Truncados, os minutos seguintes foram marcados por faltas e impedimentos.

Com 16, o Remo perdeu nova chance. O goleiro Léo deixou a bola passar e ela caiu nos pés de Tcharlles, mas ele chutou em cima da defesa. Dois minutos depois, a pelota chegou outra vez aos pés do camisa 27, que finalizou para fora. Aos 21, o Leão marcou. Em cobrança de escanteio, Kevem tocou de cabeça e, enquanto Léo saía do gol, Salatiel levantou o pé e a bola passar para morrer no fundo da rede. A defesa do alviverde reclamou de jogo perigoso, mas o gol valeu.

Atrás, o alviverde tentou correr atrás da igualdade. Aos 26, Júnior Alves tentou em cobrança de falta, mas finalizou fraco nas mãos do goleiro do Remo. O Gama voltou ao ataque aos 29. David Barboza chutou cruzado e Vinícius fez bela ponte para pegar. Aos 34, Salatiel fez fila, mas parou na saída de Leo. No contra-ataque, Kaefer bateu mascado para fora. Aos 43, Caíque fez boa jogada e foi derrubado na entrada da área. Na cobrança, o próprio camisa nove acertou a barreira.

Foto: Silvio Garrido/Remo

Gama pressiona, mas não marca

No segundo tempo, o Gama voltou com duas alterações com a intenção de propôr mais intensidade ao jogo. Aos seis, porém, quem chegou foi o Remo. Tcharlles pegou mal e mandou por cima. Aos 8, Kaefer viu espaço e mandou rente à trave. Com 11, a bola sobrou na área para Junior Alves que, ao invés de cruzar, chutou para fora. Aos 16, o time candango perdeu a melhor chance. Depois de boa construção, a bola chegou em David Souza. Ele mandou no meio da área, mas Caíque não alcançou.

Em cobrança de escanteio, aos 17, a bola se ofereceu na área, mas nenhum gamense jogou para o gol. Martelando, o Gama incomodava mais. Aos 27, David Fernandes cobrou falta na boca do gol e a zaga paraense afastou. No minuto seguinte, Caíque invadiu a área e finalizou, mas a bola bateu no rosto do goleiro remista e saiu. Aos 35, o Remo perdeu a melhor chance de matar o jogo. Tcharlles puxou contra-ataque livre. Na primeira chance, parou em Léo. Na segunda, foi abafado por David Fernandes. Na sobra, acertou a trave.

Na reta final, o Gama partiu para o tudo ou nada. Em novo contra-ataque, Felipe Gedoz passou por Léo na primeira, mas o goleiro gamense se recuperou e mandou para fora. Com o Remo recuado, Igor arriscou de longe, mas não acertou o alvo. Na pressão, o time candango ainda tentou alçar bolas na área, mas os cruzamentos não encontravam pés ou cabeças alviverdes. Aos 50, o Periquito teve a última chance: com o goleiro Léo na área, David Fernandes cruzou nas mãos de Vinícius e o árbitro apitou o fim do jogo.

REMO 1
Vinícius; Ricardo Luiz, Fredson (Mimica), Gustavo Alemão e Kevem; Pingo (Júlio Rusch), Gelson e Carlos Alberto (Felipe Gedoz); Augusto (Wallace), Salatiel (Eduardo Ramos) e Tcharlles. Técnico: Renan Capra

GAMA 0
Léo; João Pedro (Weverton), Igor, Gustavo Rambo e Junior Alves (Vinícius); William Kaefer, Kasado (David Fernandes) e Mirray (Fernando); David Barboza (Ueslei), David Souza e Caíque. Técnico: Victor Santana

O post Gama incomoda, mas perde para o Remo e é eliminado da Copa Verde apareceu primeiro em Distrito do Esporte.

Fonte: distritodoesporte.com
Author: Distrito do Esporte

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

Idiomas: