Gama volta a jogar bem, vence e elimina Villa Nova-MG


Por Bruno H. de Moura

As duas atuações contestáveis da Sociedade Esportiva do Gama foram superadas. A equipe de Vilson Taddei voltou a encontrar o bom futebol e venceu com autoridade o Gama. Em outra medida, a equipe mineira, muito desfalcada e com apenas 4 jogadores no banco de reserva, pressionou o líder no final da primeira etapa, mas morreu na volta do intervalo.

Com o resultado o Gama volta à liderança momentânea do grupo A6 e vai torcer contra o Brasiliense, que recebe o Bahia de Feira amanhã às 15h. Caso o Brasiliense vença por mais de 2 gols volta à liderança do grupo. Já o Villa Nova-MG não tem mais chances de se classificar para a próxima fase da competição nacional e cumprirá tabela nas próximas duas rodadas.

1º Tempo: Gama efetivo, Villa Nova para em Calaça

O Gama dos últimos jogos não voltou a campo. Rápido, intenso e voltando ao bom futebol, o Gama partiu para cima do Villa Nova nos primeiros minutos da partida. Já a equipe mineira precisou tomar o primeiro gol para entrar com intensidade no jogo.

Logo aos 4′ minutos, Cruzamento dentro da área para Nunes que dominou com o peito, caiu e ficou pedindo pênalti, não marcado. Na jogada seguinte esquerdinha desperdiçou boa oportunidade chutando para fora. Aos 7′ jogada pela direita, Nunes escorou para David Souza chutar em cima da marcação defensiva. Com David Souza e Nunes, novamente, o Gama chegou com perigoso em mais outras três oportunidades. Aos 09′, primeira boa chance do time visitante. Escanteio cobrado no primeiro pau, a bola foi desviada e Júlio Lima tirou quase de dentro do gol defendido por Rodrigo Calaça.

Mas foi o Gama quem saiu na frente aos 12′. Boa trama do time mandante pela esquerda de ataque. Nunes no bico da área viu Esquerdinha bem posicionado, tocou para o meia que percebeu o furo da marcação do Villa Nova, cruzou na boca do gol para Gustavo chegar rasteiro e enfiar no fundo da rede.

O Gama seguia com velocidade e vontade de gol. Na defesa, Esquerdinha ligou David Souza que tomou velocidade, passou para Everton que foi travado pela defesa do Villa Nova. Aos 21′ veio a resposta. João Guilherme pelo lado esquerdo entregou para Raphael Silva que mais à esquerda chutou no canto para ótima defesa de Rodrigo Calaça.

De tanto tentar o Gama fez o segundo. Aos 30′, David Souza interceptou saída errada do Villa Nova, tocou para Nunes que escorou de peito para Andrei Alba pegar de primeira e estourar uma bomba no travessão. Na sobra, Everton ajeitou com a perna direita e afundou o gol de João Bosco.

Na resposta, Charles Maceió viu Raphael Silva bem posicionado na área, pelo canto esquerdo, tocou para o atacante que cara a cara com o goleiro do Gama mandou a bola no corpo de Calaça, que defendeu. Aos 36′, Wander invadiu a área, driblou dois, mas na hora de ajeitar para Raphael Silva, a defesa gamense interceptou a jogada.

O time mineiro terminava a primeira etapa com domínio do meio de campo, jogando pelos flancos e acelerando a partida, como aos 45′, quando Alef, em cobrança de falta, chutou por cima do gol de Calaça. Já o Gama, dois gols a frente no placar, conduzia em banho maria e com contra-ataques sua vantagem.

2º Tempo: Gama volta à liderança do grupo A6

O treinador Mancini, vendo suas parcas opções para ficar vivo na competição, mudou dois jogadores logo no intervalo. Jean Carlos deu lugar para João Lucas e Alef saiu para Rick Sena entrar. Vilson Taddei, com o Gama ajeitado, nada alterou.

Aos 06” João Guilherme pedalou pelo lado esquerdo, invadiu a área e chutou forte para fora. Na casa dos 10”, Nunes recebeu a bola na entrada da área, viu Andrei Alba no canto oposto e o meio do Gama, após o passe, chutou por cima do gol. O jogo ficava morno. Aos 14”, falta sobre Everton na zona frontal direta do gol de João Bosco. Andrei Alba pegou muito embaixo na bola e jogou por cima da meta adversária.

Aos 20”, levantamento de Esquerdinha do lado esquerdo para dentro da área, Everton chegou em velocidade no chute, mas a bola explodiu no travessão e, na sobra, repetindo a jogada do primeiro gol, Nunes não desperdiçou e colocou o terceiro do Gama no jogo.

A equipe da casa fazia valer seu domínio de campo. Nunes, David Souza e Esquerdinha faziam uma trinca respeitável e que não deixava os torcedores relembrarem daqueles que passaram e se foram do Gama. Com a boa vantagem, Vilson Taddei mudou 4 de uma vez e, 3 minutos depois, fez a última mudança.

Filipe Werley no lugar de Gabriel, Paulo Henrique na posição de Julio Lima, Romário em  Wallace, Malaquias na vaga de David Souza e Michael Platini no lugar de Nunes. Já Mancini, pelo Villa Nova, alterou Raphael Silva, saindo, por Daniel, entrando. A equipe gamense pressionou na zona final, mas não foi efetiva na finalização das jogadas. Já o Villa Nova deu adeus para a Série D e voltará numa próxima edição.

O que vem por aí

O Gama dorme líder e se prepara para o clássico rei do DF. Brasiliense e Gama será às 16:00 do sábado dia 21/11/2020 na Boca do Jacaré. O Villa Nova cumpre tabela contra Bahia de Feira em casa, no Ronaldão.

Ficha técnica

Gama: 3 

Calaça; Gabriel (Filipe Werley), Gustavo, Emerson, Julio Lima (Paulo Henrique); Wallace (Romário), Andrei Alba, Esquerdinha; David Souza (Malaquias), Everton, Nunes (Michael Platini)

Tec.: Vilson Taddei

Villa Nova: 0 

João  Bosco; Jean Carlo (João Lucas), Welligton, Rodolfo, Lorran; Charles Maceió (Raul), Wander, Samuel, João Guilherme; Raphael Silva (Daniel) e Alef (Rick Sena).

Tec.: Mancini

O post Gama volta a jogar bem, vence e elimina Villa Nova-MG apareceu primeiro em Distrito do Esporte.

Fonte: distritodoesporte.com
Author: Bruno Henrique de Moura

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

Idiomas: