Guia do Candangão: Figurinhas carimbadas, Luziânia e Sobradinho buscam tomar o troféu do Gama


Consagrados no DF, chegou a vez de Luziânia e Sobradinho. Os goianos são os únicos forasteiros a serem campeões do DF, em 2014 e em 2016. Além disso, entram para disputar e é comum a equipe ficar entre os quatros melhores do estado. Já o Sobradinho, viveu a emoção do título em 2018, 32 anos depois. Porém, com problemas extracampo, a equipe não conseguiu manter o bom momento.

LUZIÂNIA

O veterano dos times do Candangão, o Luziânia, foi fundado em 1926, mas por ser um clube do entorno, mesclou por anos jogando em torneios goianos e no futebol candango. Após 1995, o clube se firmou de vez no regional do DF e conquistou o título do Campeonato Brasiliense em duas oportunidades, em 2014 e 2016, e teve participações em torneios nacionais como Copa Verde, Série D e Copa do Brasil. 

Para esta edição do campeonato, o Azulão vem fazendo a pré-temporada desde o dia 13 de janeiro, passando por 20 dias de preparação em Caldas Novas. No retorno, fez um amistoso contra o Anápolis, onde empatou por 3×3 e já está preparando um amistoso contra o Grêmio Anápolis para a semana que vem. 

Elenco

 O Luziânia, para esta temporada, conta com 32 atletas até o momento. Alguns nomes foram divulgados com exclusividade para a Esportes Brasília. O atacante Jobson, que já jogou no Botafogo-RJ e que já atuou por times do DF, é um dos reforços, além do meia Ramon Osni, que já teve passagem por grandes clubes do Brasil como Corinthians e Flamengo, além de ter passagem pelo CSKA da Rússia. O atacante Tatuí está de volta, e pode ser importante, como foi no Bicampeonato em 2016.

Outras peças do elenco são Mateus Lorenzo, Bismark, Fernando, Perisvaldo, Santiago, Dadinho, Cássio Neves, Robinho, Weberti, Weverton e Romário. 

Retrospecto

No ano passado, o Luziânia terminou na sétima colocação geral, com quatro vitórias e 14 pontos conquistados. Nas quartas de finais, encarou o Brasiliense (vice-campeão). E, depois de um 0x0 no primeiro jogo, o Azulão acabou sendo derrotado por 2×1 na volta e foi eliminado da competição. 

O time do entorno também apresentou algumas reestruturações no visual do clube. O uniforme ganhou uma nova versão com mais listras na camisa e três opções de uniforme, além do escudo, em que a igrejinha, símbolo da cidade, ganhou maior destaque.

Primeira Fase:

Na primeira fase do campeonato, o Azulão está alocado no grupo A, juntamente com Gama, Real Brasília, Samambaia, Taguatinga e Unaí. A estreia já marcada, vai ser no dia  24 de fevereiro, às 15h30, contra o Brasiliense, na Serra do Lago.

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA LUZIÂNIA

SEDE: Luziânia – GO
ESTÁDIO: Serra do Lago
MASCOTE: Igrejinha
UNIFORME: Azul e branco

SOBRADINHO

O Sobradinho Esporte Clube, clube fundado em 1960 por três operários paulistas, se profissionalizou em 1975 e carrega em seu histórico cinco títulos regionais, sendo eles dois da segunda divisão (1960 e 2003) e três da elite do Campeonato Brasiliense (1985,1986 e 2018). O Alvinegro, que em 2018 acabou com a seca de 32 anos sem títulos, ganhou o estadual e teve direito a disputar a Copa do Brasil, Copa Verde e Série D, mas não obteve sucesso nas competições. 

Retrospecto

Nos últimos anos, o Leão da Serra enfrenta problemas financeiros e reflete no desempenho no campeonato, não conseguindo repetir o feito de 2018, quando foi tricampeão. Ano passado, o time terminou em oitavo na chave geral, com 13 pontos em 11 jogos, conseguindo avançar para as quartas de finais da competição. No entanto,  acabou sendo eliminado para o Gama (atual campeão) com placar de 5×0 no primeiro jogo e 2×1.

Elenco

Já para este ano, o Sobradinho anunciou, a poucos dias, a parceria com o Legião para a disputa do Candangão. Os atletas e comissão técnica que atuaram na Segundinha pelo Legião, chegaram até as semifinais, mas foram superados pelo Santa Maria. Já nas categorias de base do Legião, em que o treinador Bruno Lessa comandou, o time chegou até a final, carimbando uma das vagas para a Copa São Paulo de Futebol Jr. Ou seja, Lessa já conhece grande parte do elenco que irá dirigir a frente do Sobradinho. 

O alvinegro candango não terá moleza no campeonato, pois está em uma chave complicada no grupo B com Brasiliense, Capital, Ceilândia, Formosa e Santa Maria. A estreia do Leão está marcada para o dia 21 de fevereiro às 15h30 contra o Samambaia, time que subiu de divisão em 2020.  

GOLEIROS: Spinelli, Pedro Afonso e Davi;
ZAGUEIROS: Kayo, Wesley e Bruno;
LATERAIS: Estêvão, Lucão, Juan e Bolt;
VOLANTES: Pepe, Baiano, Fred, Gabriel Gaúcho e Gabigol;
MEIAS: Pedro, Luigi, Rafinha, Shaolin e Felipe;
ATACANTES: Juninho, Koala, Kaká, Charles, Luis Gustavo, Breno Berrío, Gabriel Oliveira e Rômulo.

COMISSÃO TÉCNICA

TÉCNICO: Bruno Lessa;
AUXILIAR TÉCNICO: Marcus;
PREPARADOR FÍSICO: Jailton Ferrer;
PREPARADOR DE GOLEIROS: Ronni;
ANALISTA DE DESEMPENHO: Bruno Medina;

SOBRADINHO ESPORTE CLUBE

SEDE: Sobradinho – DF
ESTÁDIO: Augustinho Lima
MASCOTE: Leão da Serra
UNIFORME: Preto e Branco

Fonte: esportesbrasilia
Author: Julio Cesar Silva

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Idiomas: