Ídolo do Gama, Emerson se despede: “sempre serei parte desta história”


Por Bruno H. de Moura

Acabou mais uma passagem do zagueiro Emerson na Sociedade Esportiva do Gama. Revelado em 2002 pelo time candango, o jogador vestiu pela terceira vez as cores do alviverde. Ao menos no papel.

De volta ao Gama em 2021 para disputar a reta final do Candangão 2021, Emerson não entrou em campo em função de se infectar pela Covid-19. Após tratar-se, o time do Gama já estava fora das finais da competição. Emerson e diretoria chegaram a abrir negociação, mas não houve compatibilidade de interesses e, outra vez, o atleta dá até logo ao clube.

Segundo fontes, Emerson queria garantias do grupo empresarial que assumiu o futebol do time de que receberia as dívidas acumulas pelo clube nos últimos anos. Porém, o grupo não quis assumir o compromisso e a continuidade do acordo não foi possível.

Em nota divulgada pelo atleta em seu conta no Instagram, Emerson relata que chegou a emprestar, do próprio bolso, dinheiro para o Gama quitar dívidas com outros atletas, seus companheiros, mas sequer isso o clube, que deve mais de 10 meses de salários cumulando os do ano passado com esse, há vários jogadores.

Veja a íntegra da nota

Despedidas fazem parte da carreira de qualquer profissional e no futebol não é diferente. Sair em definitivo do Gama não é uma opção para mim, eu sempre serei parte desta história.

Desde a minha volta em 2019, foram grandes emoções ao lado dessa torcida maravilhosa e que sempre me acolheu de braços abertos. Guardarei com saudades o bicampeonato candango.

Recentemente, encerrei meu vínculo ao Esporte Clube Juventude/RS com pretensões de poder ajudar o Gama durante a reta final do Campeonato Candango, mas devido a circunstâncias da COVID-19, infelizmente não pude estar apto a exercer meu papel dentro de campo.

Não poupei esforços para retornar ao Gama, inclusive em toda minha jornada nesses anos foram divididos por altos e baixos. Neste período de crise ajudei financeiramente muitos companheiros para que pudessem continuar vestindo a camisa do Gama, cheguei a realizar empréstimo ao clube para tentar sanar a crise financeira, que não foi quitado até hoje. Meu desejo em ajudar o clube mais uma vez esbarrou em promessas não cumpridas e acordos não cumpridos pela direção, inviabilizando o meu retorno.

Desta forma, deixo um enorme agradecimento a todos os funcionários: membros da comissão, departamento médico, assessoria e eternos companheiros da SEG. Agora dou seguimento a minha carreira como sempre fiz , com muito profissionalismo e gana de vencer !!!

Um grande abraço, Emerson.

O post Ídolo do Gama, Emerson se despede: “sempre serei parte desta história” apareceu primeiro em Distrito do Esporte.

Fonte: distritodoesporte.com
Author: Bruno Henrique de Moura

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Idiomas: