Mazola fala sobre ameaça de demissão e lamenta saída de Zé Carlos


Técnico do Remo está pressionado para fazer o time conseguir melhores resultados. Time não vence há sete jogos

Contratado em fevereiro deste ano para substituir Rafael Jaques, o treinador Mazola Jr vive uma fase de pressão (sobretudo de boa parte da torcida azulina) por melhores resultados. Neste domingo (20), o Remo ficou no empate por 0 a 0 contra o Botafogo-PB e aumentou para sete jogos a sequência sem vitórias.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Em entrevista coletiva realizada no estádio Mangueirão, Mazola falou sobre o risco de ser dispensado. “Estou ameaçado no cargo desde quando cheguei. Nós ficamos 11 jogos sem perder, com oito vitórias, e ninguém falou nada, ninguém valorizou isso”, lembrou.

“Tivemos a perda do estadual. Lógico que pesou bastante, mas é outro campeonato. Estão adicionando a perda do estadual na Série C, que não tem nada a ver um campeonato com o outro”, argumentou.

“(A sequência sem vitórias) É preocupante, mas ao mesmo tempo estou satisfeito com a evolução do time, em ter detectado o grande problema do Clube do Remo e nós vamos ter que resolver”, acrescentou Mazola.

“Já fazem 15 dias que acabou o Estadual e nós estamos tendo dificuldade para resolver o grande problema, que são os homens que fazem o gol”, declarou.

Técnico lamenta saída de centroavante

O treinador azulino também lamentou a saída do atacante Zé Carlos, oficializada pelo Clube na quinta-feira (17). O jogador marcou dois gols em sete jogos. A passagem, contudo, foi parcialmente comprometida.

Zé Carlos, por exemplo, disputou apenas 39 minutos do segundo jogo da final do Parazão 2020. Foi substituído por Mimica, em virtude da expulsão de Fredson.

“Fizeram tanta campanha monstruosa contra o Zé Carlos e a gente acabou não tendo tempo pra aproveitar melhor o Zé Carlos, estamos sentindo na pele a situação de contratar atacantes que façam gol”, opinou Mazola.

“A diretoria está trabalhando incessantemente, mas o mercado está complicado, principalmente, de gente de valia. Trazer por trazer nós não vamos”, concluiu.

Próximo jogo e situação na tabela

O Clube do Remo caiu para o quarto lugar no Grupo A do Brasileirão Série C após o Paysandu vencer o Ferroviário por 2 a 0, também no domingo (20).

O time azulino tem dez pontos. O próximo adversário é o Manaus-AM, às 18h, no estádio Mangueirão. O duelo está marcado para domingo (27 de setembro).

Leia a seguir outros assuntos da entrevista coletiva de Mazola Jr:

Contratação de um ‘homem gol’

“O gol está muito caro. Alguns atletas que conversaram conosco durante 15 dias não aceitaram vir pro Remo. Estamos trabalhando, diretoria, executivo, 24 horas por dia para tentar resolver. Espero que para o próximo jogo já tenha uma luz, uma ou duas situações ofensivas. Hoje estamos sem um centroavante de referência no plantel”.

Assista à coletiva completa a seguir:

Leia também:

Mazola Jr aponta “jogo aceitável” do Remo e diz: “gente que faça gol é a única coisa que está faltando”

Paysandu x Remo: CBF antecipa e muda horário do primeiro clássico na Série C; veja o novo calendário

Mazola fala sobre ameaça de demissão e lamenta saída de Zé Carlos – Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.

Fonte: torcedores.com
Author: Octávio Almeida Jr

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

Idiomas: