Memória DDE: relembre a primeira participação do Gama na Copa Verde


Por Victor Parrini

Vinte de janeiro de 2021. Essa é a data para a retomada dos compromissos oficiais da equipe do Gama. E, logo na primeira partida do ano, o clima de decisão já paira no ar. Isso porque o confronto diante do Santos-AP, pela Copa Verde, será decidido em jogo único, valendo a vaga para as oitavas de final do torneio. Antes do Periquito entrar em campo, o Distrito do Esporte relembra a última e única participação da Sociedade Esportiva do Gama na competição.

A Copa Verde é disputada desde 2014, com clubes dos seguintes estados: Acre, Amazonas, Amapá, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. A edição de 2020, que será realizada entre janeiro e fevereiro de 2021, devido ao calendário apertado, em meio a pandemia do novo coronavírus, será a sétima disputada. Vale lembrar, o grande campeão ganhará vaga na terceira fase da Copa do Brasil. O Gama iniciou sua história na competição em 2016, após a conquista do Campeonato Candango em 2015.

Naquela edição, a equipe Alviverde iniciou sua trajetória na fase oitavas de final, quando encarou o Interporto-TO, em jogos de ida e volta. Na primeira partida, jogando fora de casa, o resultado foi o empate sem gols. No segundo confronto, no Bezerrão, o Gama mostrou um bom futebol, goleando por 4 x 1 o adversário do Tocantins. Com a vaga para as quartas de final garantida, o adversário seria o Vila Nova-GO. Dessa forma, o placar de 0 x 0 prevaleceu nas duas partidas, o que resultou na decisão por pênaltis. A equipe verde levou a melhor por 4 x 3.

Apesar da dificuldade, a equipe do Distrito Federal avançava novamente à fase seguinte. Pelas semifinais, o Periquito enfrentou mais um time goiano, desta vez, o adversário era a Aparecidense, que havia eliminado o Cuiabá-MT. Na partida de ida, mesmo jogando fora de casa, o Gama superou o adversário por 3×1. No segundo confronto, jogando no Bezerrão, o Alviverde foi derrotado por 2×1, porém, graças à vantagem obtida no primeiro jogo, avançou à final da Copa Verde, em sua primeira participação no torneio.

Na final, a equipe do DF encarou o forte Paysandu-PA. O primeiro jogo da grande final aconteceu no estádio Mangueirão, em Belém. Assim, jogando diante do seu torcedor, o Papão venceu por 2×0 e abriu vantagem no confronto. Com derrota na primeira partida, só a vitória por três ou mais gols interessava ao Gama, para garantir o título no tempo normal. Logo, jogando no Bezerrão, com a presença da torcida verde e branca, o Gama venceu por 2×1. Contudo, pela vantagem de um gol no placar agregado, o título ficou com a equipe do Pará.

Apesar do vice-campeonato, o Gama mostrou força ao chegar à final, em sua primeira participação na competição. E assim, prestes a entrar em campo, oficialmente, pela primeira vez em 2021, a equipe Alviverde espera novamente performar bem na Copa Verde. Mas para isso, os comandados de Victor Santana precisam superar o Santos-AP, fora de casa. Portanto, a bola rola nesta quarta-feira (20/1), a partir das 16h, no estádio Zerão, pelo confronto único e decisivo para as duas equipes, valendo vaga nas oitavas de final do torneio regional.

O post Memória DDE: relembre a primeira participação do Gama na Copa Verde apareceu primeiro em Distrito do Esporte.

Fonte: distritodoesporte.com
Author: Victor Parrini

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

Idiomas: