Minas Brasília não supera desfalques por conta da pandemia e perde para o São Paulo


Foto: Anderson Rodrigues/saopaulofc.net

Em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro série A1, o Minas Brasília até começou bem, mas se desestabilizou e acabou derrotado por 2×0 para o São Paulo. O jogo aconteceu na capital paulista, neste domingo, 30. Antes da bola rolar, todas as jogadoras em campo ficaram ajoelhadas em homenagem as vítimas de COVID-19.

Devido ao fato de 10 jogadoras do representante da capital federal estarem infectadas pelo coronavírus, algumas alterações tiveram que ser feitas. Umas delas aconteceu no setor defensivo, quando a lateral Jeh jogou como zagueira. O time também não contou com nomes conhecidos pela torcida, como o de Pelé, Lia ou Hulk. 

No início do jogo as Minas dominavam a partida. Aos 16 minutos, a lateral Nati fez grande jogada driblando três jogadoras adversárias pelo lado direito mas, ao tocar para Farinon, a jogada foi interrompida. 

A partir da metade do primeiro tempo, o São Paulo começou a gostar do jogo. Aos 25′, a equipe aproveitou um erro das adversárias e quase marcou. A goleira Thais, do Minas, fez grande defesa. Já aos 30′, as minas brasilienses fizeram uma saída de bola errada e as paulistas não perdoaram. Gláucia recebeu livre em frente a área, não desperdiçou e abriu o placar em Cotia-SP. 

Com o gol tomado, o Minas Brasília se perdeu em campo. A equipe não conseguia chegar ao gol adversário. Enquanto isso, o São Paulo não parava. Aos 41′, Roberta perdeu um gol feito, a jogadora recebeu a bola na ponta direita, mas chutou para fora. 

O segundo tempo teve início da mesma forma. O São Paulo continuava apertando e o Minas segurando. Já aos 13 minutos, Carol cabeceou para o gol, mas a zagueira cortou para a linha de fundo. Logo em seguida, após a cobrança de escanteio, Carol jogou na área para Jaqueline, que foi interceptada na tentativa do chute, mas a bola sobrou para Gislaine jogar para dentro. 2×0 São Paulo.

As representantes do DF estavam sentindo a falta de ritmo em campo. Os passes não encaixaram, as jogadas ensaiadas não davam certo e a bola não chegava ao gol de Carla. Além disso, o extremo calor e o desgaste físico também estava abalando as jogadoras em campo. Kaka, por exemplo, foi substituída com fortes câimbras após insistir em ficar em campo. 

Já nos acréscimos da partida, Robinha, peça importante para a equipe candanga, cometeu falta e levou o segundo cartão amarelo e, assim, ficando fora do próximo confronto. Thais Regina, do São Paulo, também foi expulsa da mesma forma.

O jogo seguiu com o São Paulo atacando e as minas defendendo. O jogo foi encerrado por 2×0 para o time paulista. 

A próxima partida do Minas Brasília acontece em Osasco-SP, contra a equipe do Audax. O jogo será no sábado, 05/09, às 15h. 

BRASILEIRÃO FEMININO – 6ª RODADA
SÃO PAULO X MINAS BRASÍLIA
30.08.2020 – ESTÁDIO MARCELO PORTUGAL

Árbitro: Humberto José Júnior
Árbitro Assistente 1: Patrícia Carla de Oliveira
Árbitro Assistente 2 Liliane Aparecida Galindo

Cartão Amarelo: Juliana; Robinha; (Minas Brasília) Lari; Thais Regina; Carol; (São Paulo)

Cartão vermelho: Robinha (Minas Brasília) Thaís Regina (São Paulo)

SÃO PAULO
Carla; Gislaine; Natane; Lari; Vitória; Carol; Glaucia; Roberta; Jaqueline; Thais Regina; Lauren

MINAS BRASÍLIA
Thais; Luiza Farinon; Steffani; Su; Natalia; Robinha; Barbara; Kaka; Jeh; Juliana; Katrine

Fonte: esportesbrasilia
Author: Julia Luisa

Powered by WPeMatico