Minas Brasília perde a segunda partida seguida no Brasileirão Feminino


Por Lucas Espíndola e João Marcos

O Minas Brasília entrou em campo na tarde deste domingo (02/05) em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro Feminino Série A1. O time do Distrito Federal precisava vencer o Cruzeiro, já que não havia triunfado em nenhum dos confrontos já realizados no certame nacional. Mesmo precisando do resultado positivo, jogando em casa e contra um time que estava na zona do rebaixamento, “As Minas” foram derrotadas por três a um. Com esse resultado, a equipe da capital federal perde uma posição na tabela, ficando na 12ª colocação, porém pode entrar na zona de rebaixamento dependendo dos resultados dos outros jogos.

Logo no começo de jogo, antes dos 10 minutos, o Cruzeiro abriu o placar na sua primeira chegada ao ataque, com Mariana. Nos acréscimos, Rafael Diniz marcou um toque de mão dentro da área, pênalti para as visitantes. Na cobrança, Duda bateu muito bem e marcou o segundo. No segundo tempo o time da casa partiu para cima e pressionou bastante a equipe Celeste, porém quem conseguiu marcar foram as visitantes, novamente com Duda. No fim dos 90 minutos, Nenê diminuiu para o Minas Brasília.

Cruzeiro marca dois no primeiro tempo

Jogando fora de casa, o Cruzeiro mostrou uma postura diferente no início de jogo, pressionando bastante na marcação em cima das atletas do Minas Brasília. Na primeira boa chegada da Raposa, saiu o primeiro gol do confronto. Aos 7′, após lindo passe enfiado de cavadinha feito por Carol, Mariana Santos ganhou a disputa com Kaká e chutou para a meta de Karen, a pelota morreu no fundo das redes, sem chances para a arqueira do time da casa, um a zero. A primeira chegada perigosa do Minas Brasília foi aos 18 minutos. Karla limpou a marcação e finalizou de fora da área, Mary Camilo conseguiu fazer a defesa em dois tempos.

Depois de tomar o gol a equipe do Distrito Federal cresceu na partida, porém faltava alguém para criar melhores jogadas de perigo e infiltrar na defesa cruzeirense, já que as chances do Minas eram chutes de fora da área. Um minuto depois, Nenê, da intermediária, bateu para o gol, a bola passou rente à trave direita da arqueira azul. Aos 25′, novamente o Minas Brasília resolveu arriscar de longe. Após receber a bola fora da área, Isa, de primeira, finalizou de perna direita, a redonda saiu pelo lado esquerdo da meta adversária.

Aos 33′, Pelé infiltrou pelo lado direito e bateu cruzado buscando alguma jogadora dentro da pequena área, a redonda passou na frente de Farinon, que não conseguiu alcançar a redonda. No minuto seguinte, depois de um cruzamento, Kati bateu de primeira para o gol, a pelota passou raspando o travessão. Aos 48′, Rafael Diniz marcou pênalti a favor do Cruzeiro. Na cobrança, Duda bateu no meio do gol, sem chances para Karen, dois a zero.

Minas Brasília pressiona, diminui mas Cruzeiro leva a melhor

Com menos de um minuto do segundo tempo, o Minas Brasília arriscou de longe, porém a bola saiu pela linha de fundo. Aos 12′, Robinha recebeu passe de Karla, a camisa 10 bateu colocado, a redonda passou tirando tinta da trave. Aos 14′, Karla bateu falta perigosa, a arqueira celeste espalmou para fora. Em seguida na cobrança de escanteio, Kaká tentou duas vezes, a primeira de cabeça e a segunda com a perna direita, mas Mary Camilo operou dois milagres e impediu o gol do time da casa. Depois de sofrer tanta pressão, o Cruzeiro fez mais um.

Aos 22′, Vanessinha fez bela jogada para a equipe Celeste, a baixinha tabelou com Mariana e rolou para Duda, sozinha, que tocou para o gol, sem chances para Karen, três a zero. Logo depois do tento visitante, o Minas Brasília chegou rápido no ataque, mas não conseguiu passar pelo paredão Mary Camilo. Aos 41′, depois de um cruzamento para dentro da área, a bola sobrou do lado esquerdo, a redonda foi rolada para pequena área onde Nenê estava, a número se esticou e mandou para as redes, três a um.

A equipe verde e azul se jogou ao ataque após diminuir o placar, ainda mais quando Rafael Diniz deu oito minutos de acréscimos, dando uma pequena esperança para “As Minas”. Aos 46′, Manu resolveu arriscar de fora da área, a bola passou perto da forquilha direita da meta cruzeirense. Dois minutos mais tarde, Monse Ayala bateu de primeira depois de um cruzamento vindo da esquerda, mas a pelota acabou saindo pela linha de fundo. O árbitro encerrou a partida aos 53 minutos.

O que vem por aí?

Na próxima rodada, a sexta do Campeonato Brasileiro Feminino Série A1, o Minas Brasília irá até Caçador-SC enfrentar o Napoli, equipe recém promovida à primeira divisão do torneio nacional. O confronto ocorrerá no próximo domingo (09/05), às 15 horas. No mesmo dia e horário, o Cruzeiro receberá no Sesc Alterosas a equipe do Botafogo, que está na zona da degola.

Minas Brasília 1
Escalação: Karen; Lay (Gabi Arcanjo), Kaká, Dih e Jéh; Karla, Pelé e Kati; Nenê, Isa (Monse Ayala) e Farinon (Robinha).
Técnico: Carlos Bona

Cruzeiro 3
Escalação: Mary Camilo; Thamirys, Capelinha, Rebeca e Eskerdinha (Marília Cruz); Mayara Vaz, Carol (Carol Shimo) e Vanessinha; Lucero, Duda e Mariana Santos .
Técnico: Marcelo Frigerio

O post Minas Brasília perde a segunda partida seguida no Brasileirão Feminino apareceu primeiro em Distrito do Esporte.

Fonte: distritodoesporte.com
Author: Lucas Espíndola

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

Idiomas: