Por vitória, Tite deixa testes de lado

Singapura – O duelo é histórico para Neymar, que alcançará a marca de cem jogos disputados pela Seleção, mas o técnico Tite decidiu encarar o jogo muito a sério e vai escalar a base da equipe que faturou a Copa América, nesta quinta-feira (9), a partir das 8h (horário de Manaus), quando o Brasil terá Senegal pela frente.




Neymar fará seu jogo de número 100 pela Seleção Brasileira (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Campeã continental em casa, em julho, em uma conquista que deu fôlego e mais tranquilidade ao trabalho desenvolvido por Tite, a Seleção tropeçou nos dois jogos que disputou após a Copa América, empatado com a Colômbia por 2 a 2 e perdeu para o Peru por 1 a 0, em amistosos realizados nos Estados Unidos. E, para evitar novo resultado ruim, decidiu usar os jogadores que compõem o seu time-base.

Assim, as únicas novidades da Seleção na comparação com a formação que conquistou a Copa América serão Ederson e Neymar. O goleiro do Manchester City assume a vaga que vem sendo de Alisson e o atacante do Paris Saint-Germain, que não atuou no torneio por causa de uma lesão, retoma sua vaga, em detrimento de Everton Cebolinha.



Não será, porém, apenas mais um amistoso para Neymar, pois o atacante chegará, aos 27 anos, aos cem jogos disputados pela Seleção. Iniciada em 2010, soma apenas um título oficial conquistado – a Copa das Confederações de 2013 – e a participação em duas Copas: 2014 e 2018.



Livre de lesão, Neymar iniciou a temporada pela seleção, participando dos dois amistosos de setembro, com um gol marcado contra a Colômbia. Depois, em ação pelo Paris Saint-Germain, fez quatro gols em cinco jogos disputados. E precisará de muito mais para recuperar o apoio da torcida do clube e voltar a sonhar com a briga pelo prêmio de melhor do mundo.

“Tem que estar com a cabeça boa e preparado para dar a volta por cima. Busco isso para esta temporada, estar bem, torcer para que nada de mau aconteça. Terminando a temporada pode ter certeza que vou ficar sim entre os melhores”, afirmou Neymar.

Sem fazer testes, Tite vai colocar em campo uma seleção cheia de jogadores experientes, como o lateral Daniel Alves, que terá 39 anos na época da Copa do Mundo de 2022, e o zagueiro Thiago Silva, que vai estar com 38 quando torneio se iniciar no Catar.

Vice-campeão da Copa Africana de Nações, Senegal causa preocupação a Tite especialmente pela qualidade de Sadio Mané, atacante do Liverpool e no qual o treinador da Seleção Brasileira votou como terceiro melhor do mundo. “Jogador muito móvel, ágil, tem habilidade, tem lance pessoal muito forte”, elogiou o treinador brasileiro.

Senegal também conta com outros jogadores de destaque, como o zagueiro Koulibaly, do Napoli, o atacante Keita Baldé, do Monaco, e o volante Idrissa Gueye, do PSG.

O post Por vitória, Tite deixa testes de lado apareceu primeiro em Portal de Notícias D24am – Amazonas.

Fonte: sonoticias / d24am.com / jovempan / metrópoles
Author: wallace abreu

Powered by WPeMatico