Ronaldinho Gaúcho pagará multa milionária para recuperar passaporte

Ronaldinho Gaúcho e Roberto Assis, irmão do ex-jogador, desembolsarão cerca de R$ 6 milhões para recuperar seus passaportes. De acordo com o jornal “Mundo Deportivo”, em publicação realizada nesta quinta-feira (12), eles firmaram um acordo com o Ministério Público do Rio Grande do Sul devido a condenação por crime ambiental.

Em 2015, os irmãos foram considerados culpados por terem construído uma espécie de pier com plataforma de pesca e atracadouro na orla do Lago Guaíba, em área de preservação ambiental, sem autorização. Como eles se recusaram a pagar os R$ 8, 5 milhões definidos pela Justiça, o juiz do caso decidiu apreender os passaportes até que cumprissem a pena.







Agora, ainda de acordo com o periódico espanhol, Ronaldinho e Assis terão até o dia 1º de outubro para quitar a multa acordada, que é de valor inferior ao determinado pela Justiça. Desta forma, assim que eles depositarem os R$ 6 milhões, os passaportes serão devolvidos.

Na semana passada, Ronaldinho Gaúcho foi protagonista de nova polêmica após ter sido nomeado Embaixador do Turismo Brasileiro pela Embratur. Proibido de sair do país, o novo cargo do ex-atleta ganhou muita repercussão.

No mês de outubro, Ronaldinho já tem compromisso marcado na Colômbia. Ele disputará uma partida de exibição com a camisa do Independiente Santa Fé no dia 17, no estádio El Campín, em Bogotá, contra um adversário a ser definido, segundo informações divulgadas pelo clube colombiano nesta quarta-feira (11).

Fonte: sonoticias / d24am.com / jovempan
Author: Jovem Pan

Powered by WPeMatico