Samambaia humilha o Formosa e volta a ter chances de classificação


Por Bruno H. de Moura

O Samambaia está de volta ao Candangão 2021. Após um início fraco de campeonato, a presidência da cobra-cipó e reforçou o Samambaia. Surtiu efeito já contra o Capital e consolidou a nova fase do Samambaia na tarde desta sexta-feira da paixão (02/04) contra o Formosa. Com 6 gols a mais, o Samambaia passa o Gama e assume, momentaneamente, a quarta colocação do Grupo A, fora da zona de degola e dentro da de classificação.

Do lado do Formosa, a maior humilhação da história do time. Sem seu goleiro titular, Rodrigo Calchi sentiu o dedo e acabou sendo sacado para entrada do reserva Ícaro, que nenhum momento tinha jogado na competição, com novo treinador, semanas de preparação, time com nova escalação, o time tomou 6 gols, fora o baile, do Samambaia.

Com a derrota, saldo de gols tomados de 17, 7 feitos e nenhum ponto, e diante do Gama e Real Brasília nas próximas rodadas, o Formosa está virtualmente rebaixado.

No jogo, 4 pênaltis marcados, e atuações horrorosas da arbitragem de Marcelo Rudá, perdido, confuso e tecnicamente despreparado, e Kinberly. Mas pior que a arbitragem, só a atuação, mais uma, do Formosa Esporte.

1º Tempo: Em 20 minutos Samambaia mata o jogo

Aos 2′, João de Deus recebeu pelo lado esquerdo de Edu Amparo, o atacante abriu espaço, invadiu a área e chutou pra fora no canto direito do goleiro do Samambaia. Samambaia controlava o jogo, especialmente nas costas de Bahia e Ivan Lima, laterais do Formosa.

Aos 8′, contra-ataque veloz do Samambaia pela ponta direita, Jairo cruzou e Chistopher e Dorde deixaram. Na jogada seguinte, pênalti infantil de Ivan Lima, que na ponta direita empurrou o atacante do Samambaia. Na batida, Dorde chutou no ângulo direito do goleiro Ícaro. 9′, Formosa 0-1 Samambaia.

Aos 18′, falha monstruosa da defesa do Formosa, João Pedro cruzou para Dorde livre no canto esquerdo, ele chutou em cima do goleiro Ícaro que defendeu por duas vezes, mas na terceira tentativa João Pedro ampliou o placar. Formosa 0-2 Samambaia.

Aos 23′, cobrança de falta de Erik Mamadeira no canto esquerdo, chute forte e bem posicionado, para espetacular defesa do goleiro Marcelo. Na sequência, o treinador. Aos 27′, cruzamento na medida de Erik Mamadeira, no segundo pau João Paulo cabeceou para fora. O Formosa tinha mais posse de bola e controle do meio de campo, muito mais pela queda de rendimento do Samambaia que por iniciativa própria.

Na reta final da primeira etapa, saída errada do goleiro Marcelo, a bola sobrou para Danilo, livre, espanar para cima do gol. Minutos depois, Edu Amparo recebeu no meio, de fora da área, deu um grande chute, passando a bola à risca do travessão da cobra-cipó. Aos 39′, Jairo recebeu pelo Samambaia, mas isolou. De lá até o final do primeiro, apenas ciscagem, sem nenhuma jogada de grande perigo.

2º Tempo:

Já no intervalo, o treinador Claudio Pinduca trocou seu goleiro. Marcelo saiu para entrada de Gabriel.

Logo aos 2”, a arbitragem cometeu uma falha clamorosa. A bandeira Kinberlyn havia marcado impedimento do ataque do Samambaia, mas o árbitro Marcelo Rudá marcou pênalti na sequência e ignorou o impedimento anterior. Na batida, Jairo chutou no canto direito, o goleiro Ícaro caiu atrasado e o placar foi ampliado. Formosa 0-3 Samambaia.

Aos 9”, novo pênalti para o Samambaia, dessa vez no canto esquerdo cometido por Bahia. Na cobrança, Dorde, de novo, ampliou o placar. Formosa 0-4 Samambaia. Com uma vantagem irreversível, Claudio Pinuca girou seu time e colocou vários reservas. Do outro lado, Rubio Alencar, estreante, colocou os reservas do Formosa, especialmente os jogos, em campo.

Já aos 12”, novamente falha defensiva do Formosa. Dorde invadiu a área e chutou no canto de Ícaro. Era o 5º gol. Aos 24”, Hurick pegou na velocidade, encontrou Hukerlysson na esquerda e o zagueiro marcou o 6º gol. Formosa 0-6 Samambaia.

Aos 39”, cruzamento no segundo pau para João paulo que cabeceou para o fundo da rede. Porém, Marcelo Rudá marcou pênalti e ignorou a vantagem para o Formosa. João Paulo cobrou bem e diminuiu. Formosa 1-6 Samambaia. Aos 47″ Marcelo Rudá, péssimo no jogo, apitou o final da partida.

gol de Pênalti João Paulo – Formosa – Bruno H. de Moura

Formosa: 1

Ícaro; Bahia, Carlão, Xuxa, Ivan Lima (Marrá); Janderson (Joao Manoel), Danilo Lima, Edu Amparo; Erik Mamadeira (Daniel Xavier), João de Deus (Pedro Felipe) e João Paulo

Tec.: Rubio Alencar

Samambaia: 6

Marcelo (Gabriel); João Pedro (Fernando Lopes), Alan, Hukerlysson , Arthur; Cleison, Wesley, Chistopher, Jairo (Marcos); Dorde e Weberth (Hurick).

Tec.: Cláudio Pinduca

Árbitro central Marcello Rudá Neves Ramos da Costa
Assistente 1 Lucas Costa Modesto
Assistente 2 Kinberlyn Morais Ramos
Quarto Árbitro Gildevan Lacerda Gonçalves

O post Samambaia humilha o Formosa e volta a ter chances de classificação apareceu primeiro em Distrito do Esporte.

Fonte: distritodoesporte.com
Author: Bruno Henrique de Moura

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Idiomas: