Sem candidatos ao Conselho Fiscal, Gama remarca eleição para Deliberativo


Por Bruno H. de Moura e Victor Parrini

A Sociedade Esportiva do Gama precisou remarcar a data do pleito eleitoral que definirá Presidente e Vice-Presidente do Conselho Deliberativo do clube. As duas chapas inscritas e aprovadas disputarão o voto dos 122 sócios aptos ao voto em 06 de fevereiro. Inicialmente, o pleito ocorreria em 23/01/2021, mas foi necessário o adiamento em função da indefinição da eleição para o Conselho Fiscal.

A regra estatutária é eleger Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal concomitantemente. Porém, os únicos inscritos para as funções – Oldemar Bezerra Antunes, como candidato à presidência, Joaquim Carlos Gonçalves Carvalho disputando à vice-presidência, José Pacífico Neto à membro, enquanto Walter Rios Zambrana, João Sotero Pereira e Alessandro Silva de Oliveira, à suplência – desistiram.

A saída da chapa mexeu com todo o planejamento do clube. Pensou-se, incialmente, em adiar para 30/01/2021, mas sem perspectiva de sócios imediatos a se candidatarem, a comissão eleitoral achou por bem adiar o pleito para 06 de fevereiro e apenas para a eleição do Conselho Deliberativo.

Agora, as duas chapas formadas para comandar o Conselho Deliberativo do Gama intensificam sua política de bastidor. A primeira é composta por Miguel Ferreira Peres, concorrendo à presidência, e Joanildes Henrique Linhares, candidato à vice-presidência. A segunda chapa tem Antônio Cândido de Moura, disputando o cargo de presidente do conselho, enquanto Danilo Rinaldi dos Santos candidatou-se a vice-presidente.

Para o Conselho Fiscal o prazo foi reaberto até 01 de fevereiro e, também, se permitirá a candidatura de “qualquer membro do Conselho Deliberativo, integrante do Corpo Permanente ou do Corpo Transitório, para a inscrição de chapas para Presidente e Vice-Presidente e demais membros do Conselho Fiscal, atendidas as exigências do art. 160, III, do Estatuto Social.”

Chapa de Miguel Peres tem vantagem interna

Candidato à reeleição com um novo companheiro de majoritária, Miguel Peres sai na frente na corrida interna do Gama.

Corregedor-Geral do Ministério da Cidadania, Miguel Peres é sócio Grande Benemérito – maior categoria do Gama – e atualmente preside o próprio Conselho Deliberativo. Ao seu lado estará o também Grande Benemérito Joanildes Henrique Linhares. A chapa tem o apoio de Luiz Henrique Nuñes, ex-patrocinador do clube que foi responsável pelos principais aportes financeiros ao Gama nos últimos anos.

Do outro lado Antônio Cândido de Moura, membro do conselho fiscal do Gama e também Grande Benemérito divide chapa com Danilo Rinaldi dos Santos, sócio Benemérito. Antônio Cândido tem história no clube. Em 2011, após debandada histórica da ulterior, foi um dos vices-presidentes de Oldemar Bezerra Nunes ao lado do seu atual adversário, Miguel Peres. Já Danilo Rinaldi compôs o Conselho Fiscal da mesma eleição.

Antônio Cândido de Moura teria as graças da atual presidência do Gama, que articularia em favor do seu nome. Mas Miguel Peres, que já está no cargo e possui apoio de Nuñes, sai na vantagem. Todavia, a vantagem do candidato à reeleição não lhe garantirá, hoje, vitória fácil e tranquila. As articulações seguem até 06 de fevereiro.

O post Sem candidatos ao Conselho Fiscal, Gama remarca eleição para Deliberativo apareceu primeiro em Distrito do Esporte.

Fonte: distritodoesporte.com
Author: Distrito do Esporte

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Idiomas: