TEC tá lá! Taguatinga vence o Ceilândia e garante vaga na segunda fase


Por Danilo Queiroz

O sábado de aleluia reservou a classificação de mais um time para a segunda fase do Campeonato Candango 2021. Durante a tarde, Ceilândia e Taguatinga se enfrentaram no estádio Abadião, em jogo válido pela quarta rodada. Mesmo jogando fora de casa, o TEC foi mais efetivo. O time azul venceu o Gato Preto por 2 x 1, manteve a invencibilidade e os 100% de aproveitamento na competição local e garantiu uma das vagas reservadas ao grupo A na sequência do torneio. O alvinegro segue na tentativa de também avançar.

Os minutos iniciais do jogo trouxeram um jogo morno e com muito mais erros do que acertos das duas equipes. Ficando com a bola no pé, o TEC encontrou o caminho e acabou engrenando e tomando as rédeas da partida. Com gols dos dois centroavantes, abriu boa vantagem no placar. No segundo tempo, o Ceilândia voltou modificado e pressionou a Águia. O Gato Preto, porém, esbarrou nos impedimentos e chegou a ter dois gols anulados por impedimento, o que brecou uma reação. O gol veio somente aos 48.

Taguatinga acha o caminho

De importância para as equipes, o jogo começou franco. Nos minutos inicias, os dois times chegaram bem ao campo de ataque, mas não conseguiram superar os sistemas defensivos adversários. Os passes incompletos também impediam chances concretas. Aos 13, o Taguatinga deu a primeira finalização em cobrança de falta, mas Evanilson errou o alvo. O Ceilândia apostava nos contra-ataques. Porém, o time não acertava o último toque para deixar os atacantes em condições de marcar. Aos 17, o Gato Preto conseguiu ficar mais tempo no ataque e descolou um escanteio.

Na cobrança, Lucas Diniz mandou de soco para longe e afastou o perigo. Com propostas claras, os times seguiram revezando os ataques. Enquanto o Taguatinga mantinha a bola nos pés, o Ceilândia optava por esperar espaço para criar jogadas em velocidade. Aos 28, uma inversão de ideias abriu o placar. Evanilson saiu com rapidez e cruzou na medida para Itagol cabecear com força e marcar. Aos 30, o TEC chegou novamente pelas pontas. Hugo cruzou com perigo. Insinuante, a bola passou de frente para o gol, mas ninguém desviou.

Dois minutos depois, o goleiro Diego saiu de área para cortar, mas acabou pegando com a mão. Na cobrança, Henrique acertou a barreira e Evanilson chutou mascado no rebote. Em nova sobra, Itamar emendou uma bicicleta e carimbou o travessão. Na sequência, o ímpeto do jogo caiu. Atuando como líbero, o arqueiro Lucas Diniz tirou mais uma tentativa de contra-ataque do Ceilândia aos 41. Aos 46, o Taguatinga teve um pênalti após Itamar ser derrubado na área por Medeiros. Daniel Guerreiro bateu bem, deslocou o camisa 1 do Ceilândia e aumentou a vantagem.

Ceilândia volta na pressão

Precisando correr atrás do placar, o Ceilândia veio modificado. Na primeira jogada em campo, Mirandinha cruzou. João Vitor apenas escorou e Lucas Diniz pegou com tranquilidade. Aos 7, Mirandinha recebeu nova bola, mexeu o corpo, mas finalizou errado. Assim como no primeiro tempo, a linha ofensiva do Gato Preto seguia adiantada na tentativa de sair livre. Aos 11, porém, a arbitragem flagrou dois atletas impedidos. Aos 13, o alvinegro teve a melhor chance do jogo. Wisman ficou de frente para o gol, mas tirou muito do goleiro e jogou para fora.

Na jogada seguinte, uma polêmica. Mirandinha recebeu sem marcação, driblou Lucas Victor e empurrou para o gol. A bandeira foi levantada no início da jogada, mas o árbitro Christiano Gayo ainda conversou com sua auxiliar antes de impugnar o lance, para reclamação dos alvinegros. Aos 17, mais dúvida. Mirandinha cruzou para Gabriel marcar. A jogada, porém, estava novamente parada por impedimento. Mais precavido, o Taguatinga chegou menos ao ataque. Enquanto isso, o Gato Preto procurava os espaços para diminuir e voltar ao jogo.

Aos 33, Andrezinho recebeu falta ensaiada, mas espanou o chute. O ímpeto foi diminuindo conforme o relógio caminhava. A cada chance perdida, o Ceilândia parece mais longe de se recuperar no jogo. Os erros de posicionamento ofensivo fizeram o time acumular mais de dez impedimentos no jogo. Aos 46, em cobrança de falta, Wisman exigiu trabalho de Lucas Diniz. De tanto martelar, o alvinegro marcou aos 48, com Gabriel, de cabeça. Aos 50, Luan foi expulso e o Gato Preto foi para o abafa, mas não teve tempo de empatar.

O que vem por aí?

Já classificado, o Taguatinga apenas cumprirá tabela até o fim da primeira fase. Na terça-feira (6/4), o TEC volta a jogar em casa e recebe o Brasiliense, no estádio Serejão, às 15h30. O time azul é o líder do grupo A, com 12 pontos. Ainda buscando um lugar na etapa seguinte do Candangão, o Ceilândia volta a campo na quarta-feira, às 15h30, contra o Luziânia, no estádio Serra do Lago. Com o resultado de hoje, o Gato Preto permanece na terceira posição da chave B, com 6 pontos conquistados.

CEILÂNDIA 1
Diego; Andrezinho, Medeiros, Cocada (Dougão) e Jonatha; Werick, Liel e Igor Pato 🟨 (Mirandinha); Wisman, Felipe Goiano (Willian) e João Vitor (Gabriel ⚽). Técnico: Adelson de Almeida

TAGUATINGA 2
Lucas Diniz; Dedé, Dougão, Daniel Felipe e Evanilson; Luan 🟥, Hugo 🟨, J. Henrique (Lucas Victor) e Vandinho 🟨; Daniel Guerreiro ⚽ (Jefferson) e Itagol ⚽🟨 (Vitinho). Técnico: Júnior Araújo🟨

O post TEC tá lá! Taguatinga vence o Ceilândia e garante vaga na segunda fase apareceu primeiro em Distrito do Esporte.

Fonte: distritodoesporte.com
Author: Danilo Queiroz

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Idiomas: