Tribunal de Madri proíbe Fifa e Uefa de punirem clubes e jogadores da Superliga


São Paulo – Os clubes fundadores da Superliga receberam a informação, nesta terça-feira, que um tribunal de Madri adotou medidas cautelares no sentido de proteger a competição, proibindo a Fifa e a Uefa de qualquer atitude que possa proibir, restringir, limitar ou condicionar a realização do novo torneio, bem como a participação de clubes e jogadores.

A Uefa ameaçou excluir das suas competições (e também dos campeonatos nacionais) os clubes que participarem da Superliga e impedir ainda que os seus jogadores representassem as respectivas seleções nacionais, após o anúncio feito pelos 12 clubes dissidentes (Arsenal, Chelsea, Tottenham, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid, Juventus, Milan e Inter de Milão).

Doze equipes são os fundadores da Superliga europeia (Foto: Reprodução)

O documento determina que a Fifa e a Uefa “se abstenham de adotar qualquer medida ou ação e de emitir qualquer declaração que impeça direta ou indiretamente, a preparação da Superliga Europeia de Futebol”. Da mesma forma, o despacho proíbe “quaisquer medidas disciplinares ou punitivas” contra “os clubes, dirigentes e jogadores que participarem na preparação da competição”.

O lucrativo projeto da Superliga, defendido inclusive pelo presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, como forma de melhorar e proteger os atrativos direitos de televisão, consiste em uma competição de 20 clubes, dos quais 15 seriam permanentes.

O post Tribunal de Madri proíbe Fifa e Uefa de punirem clubes e jogadores da Superliga apareceu primeiro em Portal de Notícias D24am – Amazonas.

Fonte: d24am.com
Author: Estadão Conteúdo / redacao@diarioam.com.br

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Idiomas: