Virada de bicampeão! Gama reverte vantagem do Brasiliense e leva 13ª taça


Por Danilo Queiroz

A taça do Campeonato Candango de 2020 é verde! E é de bicampeão. Na tarde deste sábado (29/8), Brasiliense e Gama se encontraram no estádio Bezerrão para disputar o segundo jogo da grande decisão do torneio local. Precisando vencer, o alviverde ficou em cima boa parte do jogo e venceu por 2 a 0, empatou na soma dos placares e forçou às penalidades. Nas cobranças, o Periquito venceu por 4 a 3 e levou a 13ª conquista.

Precisando do resultado, o Gama se lançou para o ataque já nos primeiros minutos, mas acabou esbarrando na defesa do Brasiliense. Apesar disso, o time alviverde foi quem teve as melhores chances de tirar o zero do placar. Com início frenético e um Jacaré acuado, o Periquito marcou os gols que precisava aos 12′ e 33′, levou a decisão para os pênaltis. Nas cobranças, o alviverde marcou todas e contou com Calaça para comemorar.

Gama é melhor, mas não fura defensiva amarela

Atrás no placar, o Gama começou a partida com mais posse de bola e subindo as linhas de marcação. Bem postadas, as defesas alviverde e amarela abafaram praticamente todas as tentativas ofensivas nos primeiros dez minutos de jogo. Os erros de passe também prejudicavam as tentativas de ataque. Apesar da movimentação, nenhuma grande oportunidade de gol apareceu nos primeiros 15 minutos.

Aos 17, o Gama finalizou com um pouco de perigo. Após inversão para a esquerda, Peu viu espaço e tentou de longe, mas mandou para fora. Apesar de ter a bola em certos momentos, o Jacaré não passava nem perto do gol de Rodrigo Calaça. Por lesão, o Jacaré ainda precisou mexer com 23′, quando Peninha deu lugar a Fabinho. Aos 24′, o camisa 1 gamense fez sua primeira ação em chute cruzado fraco de Zé Love.

Aos 27′, o Gama alçou bola na área e um desvio da defesa amarela evitou qualquer toque perigoso do alviverde. Três minutos mais tarde, o time gamense quase abriu o placar. Após cruzamento de Alba, Wallace apareceu livre e escorou com força. Fernando Henrique utilizou todo o reflexo para impedir o gol. Em cobrança de falta aos 32′, Alba mandou de longe e o camisa 1 do Jacaré precisou ir de manchete para afastar o perigo.

Aos 36′, o Brasiliense iniciou jogada pela esquerda. No cruzamento, a bola desviou e Calaça precisou mandar para escanteio. A cobrança, o camisa 1 afastou. Mesmo melhor no jogo, o Gama passou a errar mais passes. Aos 43′, em contra-ataque, Romarinho limpou e finalizou por cima. No abafa, o Periquito até tentou chegar. Porém, o time acabou esbarrando na defesa amarela e o primeiro tempo terminou com zero no placar.

Alviverde pressiona e força os pênaltis

Com os primeiros 45 minutos de jogo finalizados, Gama e Brasiliense passaram a encarar o relógio de forma diferente. Precisando de gols, o alviverde foi ao ataque com pressa. Logo aos 3′, após cruzamento de Wallace, Nunes cabeceou com estilo para às redes, mas a arbitragem invalidou o lance por impedimento. Indignado, o artilheiro do Candangão reclamou e acabou recebendo amarelo.

Em cima do Jacaré, o alviverde continuava rondando a área, mas as finalizações foram abafadas pela defesa. Aos 9′, quando a bola passou, Nunes e Platini não alcançaram e perderam boa chance. O Gama não deixava o Brasiliense respirar. Aos 12′, a bola entrou. A bola se ofereceu na entrada da área, David Souza mandou com força e contou com desvio de Everton para vencer Fernando Henrique e colocar fogo no jogo.

Animado, o Gama seguiu em cima, enquanto o Jacaré tentava se arrumar. Aos 22′, após troca de passe mais paciente, Douglas mandou de longe e Calaça a fazer boa defesa. Aos 24′, o Jacaré passou a jogar com um a menos. Em falta forte, Esquerdinha recebeu o segundo amarelo e foi para a rua. Já em cima, o alviverde passou a ser dono do campo ofensivo. De longe, aos 26′, Peu mandou para fora.

Tentando manter a vantagem, o Jacaré reforçou o sistema defensivo e praticamente abdicou do ataque. Até mesmo Zé Love passou a voltar para marcar. Quando o Gama entrou na área, aos 31′, Platini foi derrubado por Rodrigo e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, Nunes marcou seu 13º gol no campeonato e deixou tudo igual na decisão. O alviverde queria mais. Aos 35′, David Souza chutou rasteiro e Fernando Henrique salvou.

A cada ataque, o Periquito ganhava fôlego. Valente, a defesa do Jacaré se segurava e chegou a cortar três escanteios em sequência. Em raro momento ofensivo, o Brasiliense mandou duas bolas na área, mas dessa vez quem salvou foi o time alviverde. Com os dois times se prevenindo, os ataques cessaram. Porém, aos 48′, Norton bateu colocando e carimbou o travessão no último lance antes do apito final.

Nos pênaltis, Gama acerta todas e leva a taça

Com o 3 a 3 na soma dos placares, o título foi decidido nos pênaltis. Abrindo a sequência, Zé Love marcou para o Brasiliense e Platini bateu no meio deixando tudo igual. Douglas deslocou Calaça e fez o segundo. Da mesma forma, Norton também anotou. Na terceira, Rodrigou tirou demais e mandou para fora; Peu converteu a sua com categoria e colocou o Gama na frente.

Na quarta, o volante Aldo bateu bem para manter Jacaré na disputa. Malaquias bateu na bochecha da rede para manter o Gama em vantagem na disputa. Na quinta cobrança amarela, Sandy bateu no cantinho, mas Rodrigo Calaça voou bem para pegar. Festa dos jogadores alviverdes no estádio Bezerrão! O Periquito garante o bicampeonato candango com virada histórica.

Gama 2 (4)

Rodrigo Calaça; David Souza (Gustavo Rambo), Gustavo, Emerson e Peu; Wallace, Andrei Alba (Filipe Werley) e Esquerdinha (Michel Platini); Everton (Malaquias), Vitor Xavier (Norton) e Nunes. Técnico: Vilson Tadei

Brasiliense 0 (3)

Fernando Henrique; Bruno Lima (Railan), Badhuga, Rodrigo e Fernandinho; Aldo, Peninha (Fabinho), Esquerdinha e Marcos Aurélio (Douglas); Romarinho (Sandy) e Zé Love. Técnico: Márcio Fernandes

O post Virada de bicampeão! Gama reverte vantagem do Brasiliense e leva 13ª taça apareceu primeiro em Distrito do Esporte.

Fonte: distritodoesporte.com
Author: Danilo Queiroz

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

Idiomas: