Walace não quer trocar a Udinese pelo Grêmio, diz jornal


Desejado pelo Grêmio, Walace tem contrato com o clube italiano até junho de 2024

Walace não quer deixar a Udinese. De acordo com o jornal “O Sul”, o jogador não está disposto a atuar no Grêmio, que cogitou investida após fracassar nas negociações com Gustavo Cuellár, do Al Hilal, da Arábia Saudita, Wellington, do Athletico Paranaense e Rômulo, do Brescia.

Siga o Torcedores também no Instagram

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Com isso, o Grêmio segue vasculhando o mercado atrás de alternativas, e Walace seria a principal delas. Ainda segundo a reportagem o jogador avisou a diretoria do Grêmio que não pretende deixar a Udinese. Ainda que não tenha conseguido render tudo o que o seu atual clube espera, ele mantém o desejo se seguir no futebol italiano.

Além do Grêmio, Internacional e Santos também manifestaram interesse na contratação dele. Mas a Udinese descartou a possibilidade de emprestar o jogador por uma temporada. Afinal, o clube só tem interesse venda em definitivo dos direitos econômicos do brasileiro.

Mesmo com Lucas Silva no elenco, o técnico Renato Portaluppi deseja um volante com características mais defensivas para o meio-campo. Afinal, os jovens Jhonata Varela Lucas Araújo e Victor Bobsin não corresponderam às expectativas da comissão técnica.

A carreira de Walace

Nascido em Salvador, na Bahia, Walace Souza Silva foi revelado pelo Avaí. Em 2014, ele chegou ao Grêmio na negociação que envolveu a ida de Marquinhos para o clube catarinense. Contratado para atuar no time Sub-20, o volante foi promovido para o grupo principal.

No mesmo ano, Walace estreou pelo Grêmio sob o comando de Luiz Felipe Scolari. Ao todo, o atleta disputou 115 partidas e marcou cinco gols com a camisa tricolor. Além disso, foi peça importante na conquista da Copa do Brasil de 2016.

Na temporada seguinte, Walace foi negociado com o Hamburgo, da Alemanha. Após o rebaixamento do clube alemão, o jogador se transferiu para o Hannover 96. Em 2019, a Udinese pagou 6,5 milhões de euros (R$ 42,8 milhões, pela cotação atual) para contar com seu futebol.

LEIA MAIS:

Walace não quer trocar a Udinese pelo Grêmio, diz jornal – Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.

Fonte: torcedores.com
Author: Wilson Pimentel

Powered by WPeMatico

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O Portal do estadiomanegarrincha.com.br é um portal independente, que reúne informações sobre notícias do esporte, jogos e eventos no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

Idiomas: